Toxicidade Dos Lírios Nos Gatos

Toxicidade Dos Lírios Nos Gatos

Poucas pessoas sabem, que algumas plantas podem ser tóxicas para os nossos bichanos, de fato, é importante saber qual planta é segura e qual não é, tendo pets curiosos em casa.

E uma dessas flores é linda e muito comum, que são os lírios!

Os lírios são uma das flores mais perigosas para se ter em volta dos gatos. É preciso apenas uma lambida para provocar uma à insuficiência renal aguda, que pode ser fatal.

Se você mora com gatos, nunca tenha lírios em casa, ao enviar buquês de flores para amigos ou familiares com gatos, não solicite especificamente lírios.

“Lírios verdadeiros” são aqueles do gênero Lilium (por exemplo, lírio Stargazer ,  lírio Tiger, lírio da Páscoa, lírio japonês, lírio asiático, lírio Rubrum e outros ), bem como os  Daylilies  do  gênero Hemerocallis.

Infelizmente, elas também são algumas das flores mais perigosas para se ter com gatos!

O bichano pode acabar mordendo, lambendo ou ingerindo uma pequena quantidade do pólen.

Por isso, é ideal ter muito cuidado ao ter esse tipo de planta em casa, ou o seu bichano não deve ter nenhum contato, ou é melhor não ter.

A insuficiência renal aguda é sempre debilitante o bichano, mas não vamos dar apenas notícias ruins, se o tratamento for feito rapidamente, as chances de melhora são ótimas!

Porém, se passar muito tempo antes que a ingestão seja reconhecida, e o tratamento apropriado seja iniciado, a perspectiva se torna muito pior e a morte pela doença. 

A triste verdade é que, sem tratamento, a insuficiência renal aguda será fatal.

O tratamento pode parecer bastante simples, são feitos fluidos intravenosos, medicações, suporte nutricional e monitoramento, para verificar se o bichano está respondendo bem.

Caso o tratamento não esteja evoluindo bem como o desejado, existem algumas opções raras de serem feitas como: diálise peritoneal, terapia de substituição renal contínua ou diálise renal.

Os lírios são tóxicos para gatos? O que fazer então?

Toxicidade Dos Lírios Nos Gatos

Fica por conta e risco de cada tutor, nós podemos deixar as plantas tóxicas afastadas dos bichanos.

Mas infelizmente sabemos que alguns são muito curiosos, gostam de comer determinadas plantas e brincar.

Se o pólen entrar em contato com o pelo, em qualquer uma dessas condições, já podem provocar problemas para o seu gato.

Se você tem um quintal com lírios, mantenha seus gatos dentro de casa, e a região que tem os lírios protegida, para evitar com que eles tenham contato com essas plantas. 

E caso você não tenha um gato, mas queira presentear alguém com lírios, certifique-se que a pessoa não possui gatos dentro de casa.

Muitos floristas não sabem dos perigos tóxicos de algumas plantas para os animais.

Então, quanto mais pessoas souberem desse tipo de informação, melhor será.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Toxicidade Dos Lírios Nos Gatos

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Mas todos os lírios são tóxicos para os gatos?

Toxicidade Dos Lírios Nos Gatos

Querendo saber sobre o lírio do vale? Ou lírios da paz e lírios?

Embora nenhum deles seja um lírio real e esteja em gêneros completamente diferentes dos “verdadeiros lírios”, eles podem causar problemas para gatos e cães, mas os problemas são diferentes!

O lírio do vale contém compostos glicosídicos cardíacos, que podem causar batimentos cardíacos anormais, que são chamados de arritmia.

E em casos mais graves de ingestão, podem levar a uma parada cardíaca, isso até em humanos.

Por outro lado, os lírios da paz e os lírios de calla contêm oxalatos insolúveis que podem causar irritação e inflamação da língua, e de outros tecidos da boca, bem como dos tecidos do sistema digestivo, quando ingerido.

Muito raramente, esses oxalatos insolúveis podem causar inflamação e inchaço ao redor da entrada da traqueia, e dificultar a respiração de um gato ou cachorro afetado.

Por isso, resumidamente, a resposta é sim!

Cada um tem um grau de toxicidade diferente, e age de forma diferente no organismo ao ser ingerido, então, é melhor deixar essas plantas maravilhosas, longe do alcance dos nossos bichanos!


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *