Saúde Dos Gatos Domésticos: Como Ter Um Gato Saudável

Tempo de leitura: 7 minutos

Gato SaudávelSaúde dos gatos domésticos: como ter um gato saudável seguindo os 3 pilares da saúde do gato

Índice da Matéria ‘Saúde Dos Gatos Domésticos: Como Ter Um Gato Saudável’

  1. Gato saudável: Prevenção de doenças, um dos 3 pilares para a saúde do gato
  2. Gato saudável: Alimentação, outro dos pilares para a saúde dos gatos domésticos
  3. Gato saudável: Exercícios também fazem parte dos 3 pilares da saúde dos gatos domésticos

Quem é apaixonado por gato sabe da importância que os cuidados gerais têm na vida deles. Nós já comentamos aqui que a média de vida dos gatos é de 10 a 15 anos, mas com certeza ele poderá alcançar até os 30 anos se você seguir os 3 pilares da saúde dos gatos domésticos.

Para ter um gato saudável não é muito difícil, obviamente existe uma série de cuidados, mas ao longo do tempo, esses cuidados vão se tornando rotineiros. Favorecendo mais ainda a saúde do gato doméstico, e se você quer conferir alguns desses cuidados, continue acompanhando.

Nós também falamos mais detalhes sobre os 3 pilares da saúde dos gatos domésticos em nossa lista VIP de e-mails.

Lá damos mais dicas para um gato saudável e entramos mais a fundo em temas que não estão nesse artigo. Você pode assinar colocando seu e-mail abaixo:

Conteúdo VIP

Coloque o seu de email abaixo para receber gratuitamente dicas exclusivas!>

Em nossa lista VIP damos diversas dicas para a saúde dos gatos domésticos

Gato saudável: Prevenção de doenças, um dos 3 pilares para a saúde do gato

A vacinação é um meio de prevenção contra diversas doenças e essencial para um gato saudável.

Cada país possui uma lista de vacinas que os gatos devem receber e também com qual idade deve ser feita a primeira dose e o seu reforço.

As vacinas que são obrigatórias são:
  • Panleucopenia – que é contra o vírus da parvovirose
  • Rinotraqueíte viral felina – que é contra o herpes vírus felino
  • Calicivirose felina
As vacinas que são opcionais são:
A vacina obrigatória é:
  • Raiva
As vacinas polivalentes são as que mais são aplicadas, no caso elas são a combinação de várias vacinas em uma só, como:
  • Tríplice felina (V3) – rinotraqueíte + calicivirose + panleucopenia
  • Quádrupla felina (V4) – tríplice + clamidiose
  • Quíntupla felina (V5) – quádrupla + leucemia

Cuidados com a vermifugação são essenciais para a saúde do gato, devem ser realizados pelo menos uma vez ao ano.

Isso Para impedir o aparecimento de parasitas gastrointestinais, que fornecem grandes riscos à saúde do gato.

Existem diversos tipos de vermes e alguns deles são zoonoses, ou seja, são transmitidos dos animais para os humanos.

Quando o gato ainda é filhote ou tem a histórico desconhecido, ele pode ter vermes, ainda quando estão dentro do útero da mãe, ou durante a amamentação pelo leite.

Por isso é importante seguir o protocolo de vermifugação tanto em gatos filhotes quanto em gatos com o histórico desconhecido.

Tenha muito cuidado também com o acesso à rua, geralmente a saúde dos gatos domésticos é bem afetada nesse quesito.

Se o gato não é vacinado, vermifugado e tem acesso a rua, a probabilidade de ele adquirir alguma doença é muito alta.

Outro fator importante para se ter um gato saudável e manter a saúde do gato em dia é ter ao menos um conhecimento básico das principais doenças que afetam os gatos.

Tendo esse conhecimento você sabe quais são os sintomas e também os motivos das doenças e assim consegue preveni-las ou identifica-las cedo, conseguindo assim o melhor tratamento para seu gatinho.

Isso sem contar que existem diversas doenças que somos nós mesmos, os próprios donos, que acabamos causando sem querer em nossos filhinhos de 4 patas, o que faz com que nossa falta de conhecimento possa ser a responsável pela morte do nosso peludo.

Caso queira saber mais sobre isso fizemos um vídeo com as 7 principais doenças que os donos causam em seus gatos sem querer e como evitar que isso aconteça.

Para assistir é só clicar aqui.

E a dica mais importante de todas para se ter um gato saudável é sempre levá-lo ao médico veterinário. Tenha em mente que o seu gato também precisa fazer consultas e exames, não somente quando ele ficar doente, ok?

saude dos gatos domesticos

Saúde dos gatos domésticos: ter um conhecimento básico de doenças te ajuda a ter um gato saudável

Gato saudável: Alimentação, outro dos pilares para a saúde dos gatos domésticos

O correto é que o seu gato tenha uma ração especifica para a sua idade e que também seja escolhida a dedo obervando bem todos os itens que a compõem no rótulo da embalagem.

A ração deve ser fornecida nos horários comuns como:

  • Horário do café da manhã, almoço e jantar

Se você possui outros animais em casa, como cães, os gatos não podem comer ração de cachorro, e nós já escrevemos um artigo sobre isso, vale a pena ler clicando aqui.

No rótulo da própria ração vem escrito a quantia de ração que o seu gato deve consumir diariamente.

O ideal é que o pote de ração não fique o dia inteiro repleto e disponível para o seu gato, isso pode fazer com que ele acabe comendo demais e você não tenha um controle correto.

Para saber em detalhes sobre os horários para alimentar seu gato pode ler esse artigo: Quantas Vezes Por Dia Devo Alimentar Meu Gato?

Os petiscos estão permitidos e os gatos adoram! Eles podem ser os petiscos específicos para gatos que são vendidos em petshops.

Ou até algo mais focado na alimentação natural, que pode ser feita associada com a ração.

  • A alimentação natural é uma alternativa viável e também muito saudável para ser associada com a ração.

Nós também já escrevemos vários artigos comentando sobre as vantagens e como você pode implantar a alimentação natural para a saúde do gato. Não deixe de conferir também.

Alimentação Natural Para Gatos: Todas As Vantagens da Comida Natural Para Gatos

Como Alimentar Melhor Seu Gato e Ainda Economizar

Saúde Dos Gatos Domésticos: Como Ter Um Gato Saudável - Saúde do gato

Gato Saudável: a alimentação também é chave para a saúde dos gatos domésticos

Gato saudável: Exercícios também fazem parte dos 3 pilares da saúde dos gatos domésticos

O seu gato precisa se exercitar, para ter uma vida saudável e não ficar obeso ou então sedentário.

Uma alternativa é investir no enriquecimento ambiental, fazendo com que o seu gato realize mais atividades como brincar, correr e escalar, principalmente quando os objetos estão na vertical do ambiente.

Brincar não se encaixa somente no enriquecimento ambiental, é uma atividade que aproxima mais o responsável do seu bichano.

É só escolher a brincadeira favorita dele e aproveitar esse momento de diversão.

  • Alguns gatos são acostumados a realizar caminhadas com guias, você pode investir em passeios assim em lugares tranquilos.

Caso o seu gato seja muito preguiçoso, você pode investir em um programa de fisioterapia para estimular com que ele se exercite um pouco mais. Além de aprender exercícios diferentes que podem ser feitos em casa.

Esses são os três pontos principais para você ter um gato saudável e é muito importante que todos esses cuidados sejam realizados com uma atenção especial.

Claro, existe muito mais detalhes a se saber e outros cuidados para que seu gatinho chegue até os 30 anos de idade com uma vida feliz e saudável ao seu lado.

Caso queira saber mais assista a esse vídeo, onde entramos em maiores detalhes dos 3 pilares da saúde dos gatos domésticos, falamos de um erro terrível cometido por donos de gatos e também daremos três dicas que irão ajudar você.

Agora que você já sabe como deixar o seu gato mais saudável, não deixe de conferir outros artigos nossos para a saúde do gato.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *