Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

Os gatos infelizmente também podem ficar com pulgas, e muitas vezes elas acabam dando bastante dor de cabeça, pois alguns bichanos possuem alergia a suas picadas.

Existem diversos medicamentos contra pulgas, mas você sabe quais deve utilizar?

Alguns medicamentos contêm componentes que podem ser evitados, pois possuem potencial para fazer mal a seu bichano.

Os ingredientes errados podem fazer com que um gato fique gravemente doente. Ele pode, por exemplo, ter alguma intoxicação pela exposição errada dos produtos antipulgas.

As mamães e papais de gatos da nossa LISTA VIP ou que conhecem o Guia Para Um Gato de 14 Vidas já sabem há tempos da importância de conhecer a fundo as verdadeiras necessidades dos gatos para que a gente não caia em erros que coloquem em risco a vida dos nossos bichanos.

Confira as informações abaixo para saber mais sobre alguns dos produtos, e sempre consulte seu Médico Veterinário para saber como manter seu bichano seguro, saudável e distante das pulgas e outros parasitas indesejados.

Cuidado com coleiras e xampus

Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

O principal perigo está na coleira antipulgas. Elas, em particular, podem conter componentes potencialmente perigosos, como carbaril, propoxur e tetraclorvinfos.

Se você está pensando em usar uma coleira contra pulgas em seu gato, leia o rótulo com muita atenção e, se tiver qualquer um desses componentes, coloque a coleira de volta na prateleira para evitar o risco de causar danos ao seu animal de estimação.

  • Muitas das coleiras acabam intoxicando os bichanos por terem quantidades exageradas desses produtos
  • Se você considera comprar uma coleira, pesquise muito sobre alguns produtos para saber se é seguro ou não

As mesmas precauções devem ser tomadas com xampus antipulgas, pois eles podem conter os mesmos componentes potencialmente nocivos que são encontrados em coleiras e tratamentos univitelinos.

Os efeitos colaterais, incluindo reações alérgicas, podem ocorrer após o uso de um xampu antipulgas, tenha isso em mente antes de adquirir algum produto assim.

Ingredientes químicos de remédios contra pulgas para gatos que devem ser evitados

Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

Novamente, é importante ser cauteloso na escolha desses produtos de medicamentos contra pulgas. Muitos deles possuem componentes que podem ser nocivos, e alguns deles são:

  • Piretrinas
  • Fipronil
  • Dinotefuran
  • imidaclopride

Os componentes que fazem parte da família dos piretróides e da piretrina não devem ser usados ​​em gatos. 

Além da permetrina, os especialistas recomendam evitar ingredientes como aletrina, cipermetrina, cifenotrina e deltametrina, pois todos esses são nomes comuns para piretróides.

Há também outros componentes que devem ser evitados, como inseticidas organofosforados, que também são conhecidos como OPs.  Tenha cuidado com os carbamatos, que são comumente encontrados em produtos antipulgas e carrapatos. 

  • Se algum dos produtos vier escrito que contém propoxur ou carbaril, ele certamente contém carbamato.

Alternativas naturais contra pulgas em gatos

Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

Diversos tutores preferem minimizar o uso de medicações no bichanos, e isso é extremamente saudável, existem diversas alternativas naturais!

Mas é claro que não é porque um produto é natural que ele não deve ser usado com cautela!

Muitos produtos naturais possuem óleos essenciais, mas os gatos não podem usar os óleos na sua forma pura, eles podem ser prejudiciais, tais como:

  • Óleo cítrico
  • Hortelã-pimenta
  • Melaleuca
  • Canela

Esses óleos podem parecer cheirosos e inocentes, mas não se engane! Muitos são considerados tóxicos para os gatos, então tenha muito cuidado!

Tente seguir o caminho mais seguro possível

Medicamentos Contra Pulgas Para Seu Gato: Ingredientes a Evitar

Quando se trata de prevenir uma infestação por pulgas ou de se livrar de uma, o importante é seguir o caminho mais seguro possível e usar apenas produtos projetados especificamente para gatos (não cães).

Os produtos para os cães possuem composições diferentes e também foram feitos para portes diferentes.

Além de seguir as dicas acima, o seu Médico Veterinário pode dar conselhos preciosos sobre os produtos que você pode usar e quais você deve evitar.

Os produtos que podem ser recomendados a você podem até depender do risco de uma infestação ou da gravidade de uma infestação atual, por isso é melhor conversar com seu veterinário sobre a melhor opção se você não tiver certeza do caminho a seguir.

Se você administrou qualquer tipo de medicação antipulgas em seu gato e ocorrerem efeitos colaterais, entre em contato com seu veterinário ou a hospital veterinário para ajudar o seu bichano o mais rápido possível.

Quanto mais cedo você conseguir a ajuda de que seu gatinho precisa, melhor.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *