Gato Pode Andar de Avião?

Tempo de leitura: 7 minutos

Gato Pode Andar de Avião?

Gato Pode Andar de Avião? 

Índice da matéria ‘Gato Pode Andar de Avião?’:

  1. Gato Pode Andar de Avião?
  2. Localize todas as informações da sua companhia aérea
  3. Compre o tipo certo de transportadora
  4. Fale com o seu veterinário
  5. Considere reservar o assento para seu gato
  6. Compre uma coleira
  7. Certifique-se de que o gato é habituado com o transportador
  8. Compre uma caixa de areia portátil

Sair de férias é geralmente maravilhoso, mas o ato de viajar em si? Não é tão bom assim para alguns. Viajar de um lugar para outro, seja de carro, barco ou trem, pode ser estressante e causar ansiedade. Se você está pensando em adicionar um animal à mistura, você pode esperar ainda mais estresse.

Por mais que os amemos, nossos animais de estimação podem ser temperamentais e imprevisíveis. Ainda mais quando são colocados em uma situação que os faz sentir medo. Isto é especialmente verdadeiro para os gatos, que geralmente não gostam de estar em um veículo grande e em movimento fora de sua zona de conforto.

Porém, às vezes você não tem escolha a não ser levá-los na viagem. Se você planeja levar seu gato em um avião, você precisa estar preparado com algumas dicas sobre como levar seu gato em um avião quando estiver viajando.

Gato Pode Andar de Avião?

Sim, claro que pode. As únicas restrições são de acordo com o peso e a idade do gato, mas isso varia de companhia para companhia.

Aqui no Brasil, algumas companhias aéreas permitem que seus animais de estimação viagem na cabine. Desde que o peso da caixa de transporte somado ao peso do pet, sejam de até 10kg, outras até 7 ou 8kg.

Veja também: Como dobrar a expectativa de vida do seu gato.

Atenção, antes de reservar o voo, entre em contato com a companhia aérea! Isso para ter certeza da permissão de animais de estimação, qual o tamanho da transportadora, o peso permitido e documentos necessários.

Mesmo que seu gato seja normalmente dócil, agradável e relaxado, levá-lo a um aeroporto cheio de pessoas que não conhece, cheiros estranhos e ruídos altos pode ser extremamente difícil.

Você obviamente não quer que nada de mal aconteça com seu gato, então você quer ter certeza de que vai planejar tudo com antecedência para tentar manter a viagem o mais suave possível.

Você pode não ser capaz de prever exatamente como seu gato vai se comportar, mas você ainda pode fazer tudo ao seu alcance para tentar tornar a experiência um pouco mais agradável.

 

Você pode esperar que a viagem seja um pouco mais estressante, especialmente se esta for sua primeira vez viajando com seu gato, mas não se estresse – você consegue isso!

Veja como viajar com seu gato:

Localize todas as informações da sua companhia aérea

Se você está pensando em voar com um gato (ou gatos) no reboque, você precisa saber tudo sobre a companhia aérea que você está usando. Para começar, você obviamente quer reservar com uma companhia aérea que aceite animais de estimação e que seja de confiança.

Depois de escolher uma companhia aérea, ligue para confirmar se é possível que seu gato tenha permissão para viajar na cabine com você. A maioria das companhias aéreas que aceitam animais de estimação permitem isso.

Gato Pode Andar de Avião?

Você realmente não quer escolher uma companhia aérea que os faça ficar no compartimento de carga/bagagem, pois isso pode ser inseguro.

Você também precisará descobrir toda a papelada e registros de saúde que você precisa para o seu gato poder voar. E tente reservar o mais cedo possível para ter certeza de que há espaço para o seu gato.

Compre o tipo certo de transportadora

Ao fazer pesquisas das companhias aéreas, você também deve descobrir as dimensões exatas sob o assento da companhia aérea para que você saiba qual o tamanho da caixa de transporte para comprar.

Algumas companhias aéreas não vão permitir que você tire o gato da caixa de transporte, então você tem que se certificar de que ele caiba sob o assento.

Recomenda-se também usar uma caixa de transporte de lado flexível, para que seja mais maleável no caso de espaço apertado – o que, sejamos sinceros, provavelmente será. Verifique se a caixa de transporte está confortável, com espaços para o seu gato observar o que está acontecendo ao seu redor.

Fale com o seu veterinário

Você deve levar o seu gato para ver o veterinário antes de reservar um voo.

Isso não é apenas porque as companhias aéreas exigem determinados registros de saúde, mas também porque você quer ter certeza de que seu gato é saudável o suficiente para suportar a viagem.

Muito estresse em um gato pode levá-lo a ter um ataque cardíaco, o que absolutamente não é o que você quer.

Certifique-se que todas as vacinas do gato estejam atualizadas para sua segurança e para o que a companhia aérea precisa. É importante que faça todo o trabalho de papelada em conjunto.

Nesse outro artigo aqui também damos diversas outras dicas do que fazer para viajar com seu gato, vale a pena a leitura.

Considere reservar o assento para seu gato

Se você está realmente preocupado com a ideia do seu gato estar sob o assento na sua frente, você pode pensar em comprar um assento para que ele possa estar ao seu lado. Antes de gastar o dinheiro, verifique se a companhia aérea permitirá.

Gato pode andar de avião, e se acostumar vai se divertir muito com a vista.

Compre uma coleira

Se você ainda não tiver uma coleira para o seu gato, pegue uma para o voo.

Quando você passar pela triagem da companhia aérea, você terá que segurar seu gato como um bebê.

Seu gato vai ficar assustado com todo o barulho e as coisas que acontecem ao redor dele, e ele pode tentar se contorcer para fugir.

Para evitar que isso aconteça, coloque uma coleira nele para ter mais controle. É melhor mantê-la até que a viagem esteja completa, só para estar seguro.

Nesse artigo damos algumas dicas sobre como acostumar seu gato com a coleira.

Acostume-o a coleira, assim o gato pode andar de avião.

Certifique-se de que o gato é habituado com o transportador

Se você tem um gato, então provavelmente já sabe que a maioria deles não suporta os portadores. Se você não quer que seu gato chore o voo inteiro, tente acostumá-los a estar na caixa de transporte de antemão.

Gato pode andar de avião? Pode sim, mas esses cuidados devem ser tomados.

Deixe-a aberta para que o gato entre e saia, coloque seu brinquedo favorito no portador. Antes de viajar, alinhe o portador com um absorvente, almofada e depois algo agradável e macio para o gatinho dormir e viajar.

Compre uma caixa de areia portátil

Não importa a duração de um voo, seu gato provavelmente terá que usar o banheiro em algum momento. Você pode tentar manter as coisas limpas, colocando absorventes no suporte. Há também caixas de areia portáteis que você pode comprar, se você quiser tentar isso.

Depois de uma viagem exaustiva, é hora de tirar uma soneca. 

O gato pode andar de avião e curtir a bela paisagem, pois eles amam observar pela janela. E se for possível viajar apenas na caixa de transporte, é só acostumá-lo que será uma viagem agradável e feliz.

Prezar pela segurança e saúde de seu gato é mais do que sua obrigação, mas, além da responsabilidade, você faz isso por amor.

Para saber o que mais você deve fazer para tratar muito bem o seu gato e evitar doenças que você mesmo pode causar sem querer (o que no caso até impediria a viagem em si) veja essa apresentação e saiba mais detalhes.

Se gostou dessa matéria comente e compartilhe nas suas redes sociais, obrigada por ler e até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *