Gato Mais Saudável: Tudo Sobre Saúde Dos Gatos Domésticos

Tempo de leitura: 15 minutos

Gato Mais SaudávelGato mais saudável:  Muitos donos de preocupam bastante com a saúde do gato. Por isso trataremos de diversos assuntos referentes a saúde dos gatos domésticos.

Índice da Matéria ‘Gato Mais Saudável: Tudo Sobre Saúde Dos Gatos Domésticos’

  1. Saúde dos gatos domésticos: Gato doente? O coração chega a doer!
  2. Saúde dos gatos domésticos: As principais doenças que afetam a saúde do gato
  3. O seu gato mais saudável a cada dia
  4. Gato mais saudável: A higiene para o seu gatinho
  5. Gato mais saudável: Pode dar banho em gato?
  6. Gato mais saudável: O ambiente e sua importância na saúde dos gatos domésticos
  7. Gato mais saudável: Estimule o gato a viver os seus instintos
  8. Se informar também é forma de amar e ter um gato mais saudável

É muito comum tutores de gatos relatarem a forte ligação que tem com seus pets, o amor à rotina que dividem e os bons momentos juntos.

E é justamente por ter tanta harmonia que os cuidados com os bichos se transformam em esforços para deixar o gato mais saudável.

Os gatos são domesticados há mais de 5 mil anos e são seres de adoração para boa parte da população, que sente neles uma amizade incomparável.

Muitos ainda celebram a personalidade forte e a autonomia de cada um deles.

Independente das preferências, um animal de estimação sempre acaba se tornando um membro da família e é difícil não querer dar conforto, diversão, amor e principalmente muita qualidade de vida para eles.

E quando se trata de gatos, essas tarefas não são tão simples.

Justamente por isso é que resolvemos fazer esse artigo. Aqui colocaremos as principais informações que você precisa para ter um gato mais saudável.

Claro, caso queira ainda mais informações sobre saúde dos gatos domésticos também damos informações exclusivas em nossa lista VIP de e-mails abaixo:

Conteúdo VIP

Coloque o seu de email abaixo para receber gratuitamente dicas exclusivas!>

Então vamos ao artigo?

Saúde dos gatos domésticos: Gato doente? O coração chega a doer!

Quem nunca passou por aquele momento em que daria tudo para ver o seu gato mais brincalhão ou comendo melhor?

É quando a saúde do gato não está como deveria que o coração dos tutores aperta e qualquer esforço é válido para recuperar logo o bichano.

A saúde dos gatos domésticos é sempre um assunto delicado, já que cada situação e cada animal precisam de cuidados específicos e a falta de informação, infelizmente, ainda causa muitas perdas, seja por criação equivocada ou até por uma negligência não intencional.

Diferente dos cães, estes animais não demonstram tão claramente quando possuem algum problema de saúde e acabam deixando os tutores de cabelos em pé quando descobrem que algo não vai bem.

Por isso, a atenção aos detalhes é essencial para acompanhar o seu gato.

Geralmente o sinal mais comum é o abandono de refeições e o isolamento, quando ficam menos brincalhões e curiosos.

Mas outras mudanças bruscas de comportamento podem ocorrer e qualquer uma delas já é suficiente para levar seu amigo a uma visita ao veterinário.

Saúde dos gatos domésticos: As principais doenças que afetam a saúde do gato

saúde do gatoGato mais saudável: veja algumas doenças que afetam a saúde do gato. E também doenças que, sem querer, são causadas pelos próprios donos e também afetam a saúde dos gatos domésticos.

Assim como nos humanos, a saúde dos gatos domésticos é afetada por uma infinidade de doenças e cada animalzinho tem mais propensão a alguns tipos delas.

Mas de forma geral, há algumas que ocorrem com mais frequência e você pode ficar alerta aos sintomas em seu gato.

  1. Insuficiência renal:

    Também comum em cachorros, a doença prejudica diretamente o funcionamento dos rins e tende a saúde do gato com idade mais avançada. A insuficiência tem progressão lenta, o que dificulta a sua percepção pelo dono. O ideal aqui é acompanhamento veterinário constante e início de tratamento o quanto antes.

 

  1. Vermes e parasitas:

    A presença de larvas de vermes e outros parasitas é bem comum em felinos. Essas doenças afetam todo o organismo dos bichanos, os enfraquecem e os deixam mais expostos a outras doenças. Para evitar e manter a saúde do gato em dia, é essencial manter o ambiente em que seu gato vive muito limpo, além de manter a vermifugação em dia.

 

  1. Intoxicações:

    São frequentes e graves. A curiosidade dos gatos em brincar com coisas como insetos, plantas, venenos para matar baratas e restos de alimentos podem causar grandes problemas na saúde do gato. A alteração repentina na respiração ou no salivamento e vômitos são sinais de que seu pet precisa de atendimento urgente.

 

  1. AIDS Felina:

    Também conhecida como FIV, a doença compromete a imunidade conforme os bichos vão ficando mais velhos, embora seja possível oferecer uma vida de qualidade para os gatos domésticos portadores do vírus. A FIV é transmitida pelo contato sanguíneo entre gatos e, para a tristeza dos donos, não possui cura ainda.

 

  1. Felv:

    A leucemia felina também é transmitida pelo contato entre gatos, mas dessa vez através das fezes, urina e saliva. Os efeitos da Felv na saúde do gato são drásticos como a baixa de resistência, emagrecimento, depressão, problemas digestórios, respiratórios e febre.

 

  1. Esporotricose:

    Esse tipo de micose pode afetar tanto gatos quanto humanos, além de outros animais, o que a torna ainda mais perigosa. É causada por um fungo encontrado de forma geral em folhagens, espinhos, tábuas úmidas ou alguns solos e causa feridas críticas nos gatos. Essas feridas aumentam rapidamente se não forem tratadas adequadamente com a orientação de um profissional especialista.

 

  1. Toxoplasmose:

    O gato pode ser infectado através da ingestão de carne crua de outros animais ou das fezes de outro gato que possuam o parasita. O protozoário se instala no gato e pode abaixar a imunidade de seu animal.

Apesar da vunerabilidade dos nossos amigos de quatro patas, há algumas forma para diminuir bruscamente as chances de problemas: a atenção e o tratamento que os donos oferecem ainda são as principais formas de evitar sofrimento, adoecimento e até a morte dos gatos.

Há uma lista de 07 doenças comuns nos gatos que infelizmente são causadas em sua maioria das vezes pelos próprios donos sem querer (isso pela falta de conhecimento).

Aqui nesse vídeo falamos sobre quais são essas 07 doenças que os tutores podem causar sem querer em seus gatinhos por desconhecer os verdadeiros cuidados que devemos ter para manter a saúde dos gatos domésticos.

Vale a pena assistir após ler esse artigo.

O seu gato mais saudável a cada dia

Além disso, é bastante importante deixar claro que, para deixar um gato mais saudável, não é suficiente só fazer esforços para evitar doenças, mas se comprometer com uma série de outras atividades que estimulem o desenvolvimento físico, psicológico e emocional do gatinho.

Para um gato mais saudável a cada novo momento da vida dele, os proprietários precisam começar pelo básico: necessidades biológicas e fisiológicas bem atendidas. Para isso, ao adotar um novo amigo, verifique todas as orientações do veterinário sobre aquela espécie.

Gato mais saudável: A higiene para o seu gatinho

saúde dos gatos domésticosA higiene também é importante para ter um gato mais saudável. Tem relação direta com a saúde do gato. Existe livro digital ou e-books que ensinam a ter um gato mais saudável e até falam sobre o assunto.

De forma geral, o primeiro passo é criar e manter ambientes higienizados.

Com os gatos, esse item é de extrema exigência, já que eles se mantém limpos naturalmente e têm muita dificuldade de circular em espaços sujos, podento ter até crises de estresse nesses locais.

É interessante oferecer uma ou mais caixas de areia em sua casa.

Elas devem ser colocadas em locais que sejam de fácil acesso para o gato, o deixem confortável e não sejam passagem constante de humanos.

Isso porque a movimentação pode afastá-los e dificultar o hábito.

Cada tipo de areia para gatos vem com instrução de uso, troca e descarte.

Obedeça o passo-a-passo descrito na embalagem e acostume seu gato a entender que aquele espaço é para ele.

Tanto a sua vida quanto a do seu pequeno ficarão mais simples e muito mais limpinhas.

Note que mesmo que estes animais sejam altamente independentes em sua higiene e possuam uma lixa natural em sua língua, capaz de retirar até minúsculos resíduos de sujeira de seu corpo, os donos podem ser ativos em ajudar a aumentar ainda mais o nível de limpeza.

Para retirar nós e sujeiras presas em seu bichano, a escovação diária de seu gato é uma boa pedida – principalmente para gatos de pelo longo.

É também uma ótima forma de se conectar a o animal, que tende a ficar relaxado e procura ficar bem pertinho de seu dono.

Nessa atividade, lembre de usar escovas próprias para gatos, não forçá-los se eles demonstrarem insatisfação naquele momento e não demorar muito no processo, pois seu gato pode se estressar e tentar fugir nas próximas tentativas de escovação.

Gato mais saudável: Pode dar banho em gato?

gato mais saudavelGato mais saudável: dar banho também afeta a saúde do gato? Outra dúvida comum com relação a saúde dos gatos domésticos. Para quem quer um gato que vá além das 7 vidas… um gato de 8 vidas, ou melhor, um gato de 14 vidas, deve observar todos os cuidados!

O banho também é uma opção para gatos de pelos longos, apesar de muita gente desconhecer esse fato.

Assim como a escovação, ele não deve ser demorado e muito menos forçado.

Utilize também produtos próprios para gatos e de boa qualidade, para evitar alergias e irritações.

Para banhar um gato, coloque-o em um espaço fechado, com seus ouvidos protegidos por algodão.

Molhe ele delicadamente e aplique o shampoo, de forma a massageá-lo.

Ao final, enxague e tenha certeza que não restou produtos sobre o gato. Finalize com o secamento.

Se você deixar tudo preparado antes, o pouco barulho e baixa movimentação vão ajudar a manter seu gato calmo.

Mas mesmo com tudo feito para não assustá-lo, gatos não são fãs de água e é normal que se estressem. Tente ser muito gentil com seu amigo e o conforte!

A alimentação é peça-chave para ter um gato mais saudável

saude do gatoGato mais saudável: a alimentação é um dos itens mais importantes para a saúde do gato. Sabe o que é necessário que os bichanos comam para manter a saúde dos gatos domésticos? Para ter um gato de 8 vidas ou, melhor ainda, um gato de 14 vidas, às vezes um livro digital ou ebook para um gato mais saudável éo ideal.

Equilíbrio é a palavra-chave quando se trata de alimentação, principalmente para gatos, que podem comer uma vasta série de alimentos além da ração.

Todas as comidas que forem oferecidas a um gato devem estar de acordo com sua idade, seu peso, sua frequência de atividade física ou, em casos mais raros, até de acordo com sua raça.

Alguns gatos ainda possuem alergias ou restrições que devem ser lembradas nesse momento.

Com relação a alimentação na saúde dos gatos domésticos, para que você tenha um gato mais saudável, leia também esses 3 artigos:

Afinal, Qual é A Melhor Ração Para Gatos?

Como Alimentar Melhor Seu Gato e Ainda Economizar

Alimentação Natural Para Gatos: Todas As Vantagens da Comida Natural Para Gatos

Gato mais saudável: O ambiente e sua importância na saúde dos gatos domésticos

saude dos gatos domesticosGato mais saudável: o ambiente também tem importância na saúde do gato. Livros digitais ou e-books que ensinem enriquecimento ambiental para gatos podem ser uma solução.

Os gatos são animais muito versáteis quando o assunto é o ambiente.

Eles podem ser acostumados em lugares menores como apartamentos, como também podem ser criados em espaços maiores como casas, sítios ou fazendas.

Gatos também têm dificuldade de adaptação a novos espaços, então o melhor a se fazer é criá-lo em um ambiente só ou fazer poucas mudanças de local em sua vida.

Isso evita estresse, desorientação e até depressão.

O ambiente deve ser seguro para que seu gato possa circular e não se acidentar.

Em apartamentos por exemplo, é essencial o uso de redes na janela.

Já em casas ou espaços maiores, deve haver cuidado com outros animais e com vegetações danosas aos felinos.

O conforto também cai bem e nesse ponto os apaixonados pelos seus bichinhos não economizam.

Caminhas, espaços de lazer e brinquedinhos fazem toda a diferença no bem-estar e aumentam as chances de uma vida mais saudável para os gatos.

Gato mais saudável: Estimule o gato a viver os seus instintos

livro digital ebook e-book gato mais saudávelEstimular os instintos também é necessário na saúde dos gatos domésticos. Alguns livros digitais ou ebooks sobre gatos ensinam como fazer.

Pesquisa realizada nos Estados Unidos, divulgada pela University of California – Berkeley, aponta que, para o seu gato conseguir uma saúde de ferro, é preciso que seus instintos sejam ativados de forma adaptada à vida dentro de casa.

Mesmo que nossos pequenos amigos continuem muito curiosos, fiquem frequentemente intrigados com objetos e tentem caçar qualquer inseto que apareça na frente deles, o nível de atividade exigida é baixa perto do que eles são capazes de fazer.

Uma dica oferecida pelo estudo é criar uma brincadeira cheia de desafios para que o seu gato possa encontrar a comida dele em algumas refeições da semana.

Ao invés de deixar um pote à disposição, esconder o alimento em caixas ou colocar em lugares mais altos são eficientes.

Outra dica desafiadora são as estruturas vendidas para ativar instintos como caçar, roer, afiar as unhas, dar saltos grandes, se pendurar e usar o raciocínio para atravessar passagens.

Há muitas opções disponíveis em pet shops, escolha aquela ideal para as condições de seu gato.

Se informar também é forma de amar e ter um gato mais saudável

As escolhas dos donos são as maiores influências na vida e na saúde de um gato doméstico.

Todos os dias são os donos que tomam das menores às maiores decisões pelo pet, portanto, essas decisões precisam estar embasadas em estudos e ir de acordo com indicações especializadas.

Os tutores que se mantém informados sobre o comportamento de seus pequenos amigos, criam uma rotina ativa e de qualidade,  além de seguir todas as orientações de veterinários, acabam por ter o gato mais saudável e com maior expectativa de vida (sabia que com os cuidados certos o gato pode viver até os 30 anos?).

A falta de informação também prejudica os animais diariamente, em especial aos gatos, que são abandonados ou sofrem violência gratuita por enganos absurdos sobre a transmissão de doenças aos humanos ou até por superstições.

Agora você já conhece um pouco mais sobre a vida e o comportamento de seu gato.

Depois dessa leitura, revise se todos os pontos citados estão em harmonia com o que você oferece para o seu peludo e adeque todos que ainda podem ser melhorados.

Essas e muitas outras dicas são encontradas no Guia Para Um Gato de 14 Vidas, no qual você encontra orientações para melhorar a vida do seu felino e a sua relação com seu pet ficar ainda mais forte (e de onde tiramos a maior parte das informações para manter a confiabilidade).

Sabemos que o amor por eles é incondicional e que levamos a sério a tarefa de tratá-los bem.

Aproveite para ter em mãos esse Guia com todo o cuidado que o seu bichinho merece e ter certeza que a cada dia você vai criar um gato mais saudável!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *