Gato com Febre: O Que Fazer?

Gato com Febre: O Que Fazer?

Como saber que o seu gato está com febre? Nos humanos é normal medirmos a temperatura encostando os lábios na pele da pessoa. Mas nos gatos não dá para definir apenas sentindo que ele está quente ou com o nariz escorrendo como muitas pessoas pensam.

A melhor maneira de conseguir descobrir como medir a temperatura de um gato com febre é usando um termômetro. A temperatura normal nos gatos é em torno de 38ºC a 39,5ºC, acima disso, já pode ser considerado febre.

Quando a temperatura está poucos graus acima, pode ser somente o organismo combatendo uma infecção. Agora, mais alto do que isso já causa desnaturação das proteínas e é prejudicial para os órgãos, sendo necessária a intervenção de um veterinário.

Vamos explicar aqui as principais causas de febre em gatos, sinais clínicos e o que você pode fazer para cuidar do seu bichano nesse momento.

Causas de febre em gatos

Gato com Febre: O Que Fazer?
Febre em Gatos: Principais Causas da Febre em Gatos

O aumento repentino da temperatura corporal é chamado hipertermia, podendo estar relacionada ao resultado de um esforço excessivo, dificuldade de regulação térmica e condições clínicas.

No corpo do gato, quem é responsável por controlar a temperatura é o hipotálamo e ele pode ser ativado para fazer a febre com as seguintes condições:

  • Infecções – bacteriana, viral ou fúngica
  • Tumores
  • Trauma
  • Lúpus
  • Medicações
  • Toxinas ou venenos
  • Doenças imunomediadas inflamatórias
  • Doenças metabólicas
  • Doenças autoimunes
  • Doenças endócrinas

Sinais de febre em gatos

Gato com Febre: O Que Fazer?
Muitos tutores se perguntam as principais causas e como abaixar a febre em um gato

Como já comentamos, a febre é uma resposta do organismo perante um agente que está fazendo mal e sendo destrutivo para as células.

A febre estimula a ação do sistema imunológico e diminui a ação de bactérias e vírus. Os principais sinais clínicos da febre são:

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Gato com Febre: O Que Fazer?

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Como medir a temperatura de um gato com febre?

Gato com Febre: O Que Fazer?
Como medir a temperatura de um gato com febre

Os sinais clínicos acima não são nada específicos, eles podem estar presentes em várias doenças e nem sempre vão indicar que o seu gato está com febre.

A melhor maneira de medir a temperatura é usando um termômetro.

Você pode comprar um termômetro pediátrico ou digital. O ideal é que seja um que tenha uma resposta mais rápida para minimizar o incomodo. Todos os modelos são facilmente encontrados em farmácias

1. Para aferir a temperatura você precisará de:

  • Termômetro.
  •  Lubrificante
  • Álcool e um papel higiênico ou toalha

2. Ligue o termômetro até ele zerar a temperatura e ficar sem numeração.

3. Passe o lubrificante na ponta do termômetro.

4. Se o seu gato for muito agitado, peça ajuda de alguém para segurá-lo.

5. Coloque gentilmente e devagar a parte metálica do termômetro no ânus do seu gato. Não faça força e espere.

6. Remova o termômetro quando ele apitar.

7. Limpe a ponta do termômetro com o álcool.

Quais cuidados ter com um gato com febre?

Gato com Febre: O Que Fazer?
Gato com Febre: Há Como Abaixar Febre em um Gato?

Os gatos trocam a temperatura pelos coxins, que são apelidados de almofadas do pé, manter elas resfriadas pode ser uma solução breve para reduzir a febre.

O que você pode fazer é molhar uma toalha e pressionar só por alguns segundos nas patinhas.

Fique atento sempre a variação de temperatura, se ela ficar estável, o seu gato pode continuar descansando caso não tenha outras alterações ou falta de apetite.

Se a temperatura estiver muito elevada, leve-o ao veterinário para identificar o problema.

Por exemplo, as infecções bacterianas devem ser tratadas rapidamente para evitar que o quadro piore.

E não existe um “tratamento” caseiro a ser feito além de antibióticos prescritos pelo médico veterinário.

Se você demorar muito para levar o seu gato ao veterinário ele pode começar a desidratar, tendo que receber fluidoterapia, popularmente chamada de soro, por via intravenosa ou subcutânea.

Nunca dê nenhum tipo de medicação sem a consulta ou ajuda do seu médico veterinário. Algumas medicações para febre utilizada em cães ou humanos são tóxicas para os gatos.

O médico veterinário saberá como abaixar a febre em um gato da forma correta.

A febre em gatos é só um dos sintomas das diversas doenças que podem acometer nossos gatinhos.

Veja também esse vídeo onde falamos das 7 principais doenças de gatos causadas pelos próprios donos sem querer e como evitar que isso aconteça.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *