FIV e FELV – Sintomas, Tratamento e Tudo Que Você Precisa Saber!

Tempo de leitura: 8 minutos

Índice da Matéria ‘FIV e FELV – Sintomas, Tratamento e Tudo Que Você Precisa Saber!’

  1. Falando sobre FIV e FELV
  2. Como a FIV é contraída pelos Gatos?
  3. O que é a doença FELV em gatos e como a Doença de Gato FELV é contraída pelos Felinos??
  4. Como desconfiar de FIV? Sintomas da FIV (Ou Aids Felina)
  5. Como desconfiar de FELV? Sintomas da FELV (Ou Leucemia Felina)
  6. Como ter certeza se meu Gato tem FIV ou FELV? Teste de FIV e FELV
  7. FIV e FELV: Tratamento
  8. Informações extras e links importantes sobre FIV e Felv e Saúde dos Gatos em geral

Felv e Fiv

FIV e FELV: Junto à Doença Renal Crônica em Gatos, a doença de gato fiv e felv são as patologias que ainda causam o maior número de morte nos felinos domésticos. Vamos Descobrir mais sobre a “Aids Felina” e sobre a “Leucemia Felina”

shadow-ornament

IMPORTANTE: Infelizmente, ainda vemos muita informação trocada e perigosa pela internet... Exatamente por isso que todas as informações do nosso site são baseadas no Guia Para Um Gato de 14 Vidas, só assim a gente garante a qualidade do conteúdo passado para nossas leitoras.

Falando sobre FIV e FELV

Infelizmente existem algumas doenças que tiram o sono de todos nós gateiros. Possivelmente no topo dessa lista, junto à doença renal crônica em gatos, vai estar a dupla que nos aterroriza: Fiv e Felv, que muita gente acredita ser uma coisa só, mas não é. Então chegou a hora de aprender mais sobre o assunto e nos prevenir.

Primeiros vamos falar sobre a diferença entre as duas coisas. Temos o vírus da FIV (Imunodeficiência felina, ou há quem chame de “Aids Felina”) e da FeLV (Leucemia felina). Para o nosso azar, nem uma e nem a outra possui cura até o momento.

fiv felina

FELV (leucemia felina) e FIV:  Muitos esperam sintomas após fiv positivo ou a FELV em gatos, mas você verá aqui que FIV e Felv nem sempre são tão simples...

 

Como a FIV é contraída pelos Gatos?

Bom, temos que entender que a FIV, em especial, realmente se assemelha muito à Aids humana, e justamente por isso é conhecida como 'Aids Felina'. Isso quer dizer que a transmissão da doença vai acontecer pelo contato, seja com o sangue, através de mordidas ou arranhões de gatos que sejam portadores do vírus.

Mas também pode ser passado para os filhotes pela placenta ou mesmo pela amamentação e não é transmissível para nós humanos ou mesmo para outros tipo de animais.

FIV e FELV Felina E Doença renal crônica em gatos

Não é só a Doença Renal Crônica em Gatos que pode tirar nossos filhos de nós. As doenças de gato doenças gatos fiv, felv (também conhecidas como aids felina e leucemia felina) são bastante perigosas

O que é a doença felv em gatos e como a Doença de Gato FELV é contraída pelos Felinos?

Muitos se perguntam o que é a doença felv em gatos. Assim como a FIV, a FELV (leucemia felina) pode ser passada pela placenta e pela amamentação, com a diferença que a mortalidade nessa fase é enorme e a doença também não é transmitida para outros animais e nem para humanos.

Com relação à FELV devemos ter MUITO cuidado com a caixinha de areia e potes de comida e/ou água dos nossos peludinhos, já que o vírus da FELV vem da transmissão de secreções, saliva e contato com urina ou fezes contaminadas.

>>> Leia também: Doença renal crônica em Gatos: Sintomas e tratamento<<<

Como desconfiar de FIV? Sintomas da FIV (Ou Aids Felina)

Antes de mais nada, é importante dizer que pode existir um estágio onde o FIV, ou Aids Felina, pode ficar dormente no organismo do gato, ou seja, ele ser portador do vírus, mas não apresentar nenhum sintoma ou mudança de comportamento. Por isso NADA DE VOLTINHAS POR AÍ, ok?

Bem no começo da FIV (Aids felina), o bichano geralmente tem febre e aumenta imensamente as chances de infecções variadas, seja de pele ou mesmo do intestino em uma janela de tempo entre um mês e um mês e meio podendo variar um pouco para mais ou para menos.

felv felina

Tanto a FIV (aids felina) quanto a FELV em gatos (leucemia felina) podem ficar dormentes no organismo. Muitos esperam sintomas após fiv positivo, mas como pode ser assintomático é bom consultar o veterinário.

Como desconfiar de FELV? Sintomas da FELV (Ou Leucemia Felina)

O mesmo alerta feito para a FIV, também vai valer para a FELV. Ela pode ficar adormecida no organismo do gato por muito tempo. Então não se sinta segura só porque os gatos da vizinhança não aparentam estar doentes. NADA DE VOLTINHAS!

Existem alguns outros, mas os sintomas mais comuns da Felv são o emagrecimento em excesso e repentino, febre, problemas estomacais e dificuldade ao respirar. Por isso é importante estarmos atentos a qualquer mudança nesse sentido.

aids felina

Assim como a Doença Renal Crônica em gatos, temos que prestar atenção à fiv e felv: sintomas nas duas podem ser silenciosos! Muitos esperam sintomas após fiv positivo, mas eles podem não aparecer, devemos ficar atentos!

Como ter certeza se meu Gato tem FIV ou FELV? Teste de FIV e FELV

Existem exames feitos nos consultórios e geralmente é através da coleta de sangue e com resultado rápido e preciso. Mas vale lembrar que é preciso o acompanhamento veterinário, já que se trata de doenças que podem ficar adormecidas ou causar falsos negativos.

Isso porque há muitos fatores que têm peso nesse sentido, principalmente o tempo de contágio e idade do gatinho. Então sempre peça ao seu veterinário de confiança que teste seu peludo mais de uma vez, nos primeiros testes, e depois periodicamente, em casos de fugas, etc.

Existe uma vacina de prevenção para a FELV, então, é de extrema importância que depois que o gato testar negativo para ela você faça essa prevenção, caso ainda não tenha feito.

FIV e FELV: Tratamento

Por se tratar de doenças que bombardeiam a imunidade dos gatos, no tocante a FIV e FELV o tratamento consiste basicamente em reforçar o sistema imunológico deles o mais rápido possível, para evitar até mesmo contrair outras doenças.

A FELV, por ser um tipo de leucemia, requer quimioterapia e, em alguns casos, a transfusão de sangue, para reforçar as defesas do gato.

Como eu disse, infelizmente nem a FIV (Aids Felina) e nem a FELV (Leucemia Felina) têm cura. Mas nem por isso elas querem dizer uma morte imediata. Muitos gatos, especialmente se diagnosticados cedo, podem viver por muitos anos felizes ao seu lado! Então NÃO ABANDONE!

Aqui ao final desse vídeo, dentre diversas outras informações, também falamos um pouco sobre como prevenir doenças ou identificá-las cedo para dar o melhor tratamento ao gatinho e evitar uma morte prematura aos nossos filhos de 4 patas.

leucemia felina

Precisamos levantar esse alerta! Além da Doença Renal Crônica em Gatos, existem várias outras que merecem nossa atenção, como a FIV e FELV. Aqui você verá os sintomas da fiv (aids felina), os sintomas da felv (leucemia felina), assim como seus tratamentos.

Informações extras e links importantes sobre FIV e Felv e Saúde dos Gatos em geral

Nesta matéria  a gente tentou abordar um pouco o tema FIV (Aids Felina) e FELV (Leucemia felina), duas doenças que infelizmente caminham lado a lado com a doença renal crônica em gatos na mortalidade dos nossos filhos.  Se tiver alguma dúvida, use a ferramenta de pesquisa do site. Temos os assuntos mais variados cobrindo praticamente tudo que você precisa saber!

A gente sempre ressalta a importância da castração e de manter nossos peludinhos dentro de casa. Para tentar minimizar o impulso de ir pra rua, a castração é o melhor caminho.

Infelizmente a FIV e FELV não têm cura, por isso a gente reforça a importância de ter o melhor conteúdo à disposição, para usar se precisarmos. Nesse sentido, a gente tem uma lista de e-mails onde enviamos informações importantes direto pra sua caixa de entrada.

Pode ficar MUITO TRANQUILA, a gente também ODEIA SPAM e não é para isso que vamos entrar na lista. Prometemos enviar apenas coisas de interesse que vão te ajudar a dar uma vida mais saudável para o seu peludinho!

Conteúdo VIP

Coloque o seu de email abaixo para receber gratuitamente dicas exclusivas!>

É muito importante deixar claro que todas as matérias do site são fruto de muita pesquisa. Levamos MUITO a sério as informações que passamos aqui, por isso sempre retiramos nosso conteúdo, seja de informações ou receitas de alimentação natural, do  Guia Para Um Gato de 14 Vidas.

Se quiser saber mais sobre o Guia pode clicar AQUI.

Photo Credits: Beer_PoweredPatrick WrightTrish HammeStuart Rankin

2 Comentários


  1. Olá, tenho duas gatinhas SRD que tirei das ruas e cuidei com muito amor. Ontem eu e meu marido fomos buscar um terceiro gatinho para adotar e ao levarmos para o veterinário, o exame fiv/felv deu positivo. O veterinário nos orientou sobre o risco do contágio com as gatinhas que vivem aqui em casa. Chorei muito e junto com meu marido optamos por leva ló novamente para a casa onde estava e orientar a pessoa que nos entregou o gatinho e está com vários para adoção.
    Nós moramos em um apartamento de 2 quartos. Não haveria possibilidade de deixa lo isolado. Ele viveria triste, sem espaço.
    Mas meu coração está cortado.
    Estou fazendo pesquisas sobre Fiv/Felv para encontrar soluções diferentes.
    Enfim, deixo aqui meu desabafo e estou aberta a opiniões,críticas, sugestões e esclarecimentos.
    Obrigada!

    Responder

    1. Carolina, por isso é tão importante testar as doenças no momento da adoção. Você teve a atitude correta.

      Infelizmente, por mais que os outros estejam imunizados, o recomendável é que o gato com a doença não tenha contato com os outros. É triste, eu sei. Eu também ficaria, no seu lugar.

      Mas isso não quer dizer que uma família que não tenha nenhum outro não possa adotá-lo. Ainda mais se considerarmos que a doença foi descoberta cedo, se os cuidados certos forem dados, ele pode viver bem por muitos anos e trazer muita alegria!

      Abraços,
      Felipe.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *