Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Você já se perguntou qual a importância que os bigodes têm para os gatos?

Você pode pensar que sabe tudo sobre esses fantásticos pelinhos, mas existem alguns fatos que tornam eles muito fascinantes!

Confira as informações abaixo para saber mais sobre como seu gato usa os bigodes todos os dias.

Como os bigodes funcionam nos gatos?

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Os bigodes, também conhecidos como pelos táteis, são de duas a três vezes mais grossos que os pelos encontrados na pelagem do seu gato.

E mesmo que saiam dos folículos capilares, eles são mais grossos do que o resto do pelo do corpinho do bichano.

Além disso, eles também são incorporados três vezes mais profundamente na pele do seu gato, permitindo que permaneçam conectados ao sistema nervoso do animal.

Estrategicamente localizados, você pode encontrar bigodes em diferentes áreas do rosto e do corpo do seu gato, como bochechas, acima dos olhos e pernas dianteiras.

Além de estarem fixos profundamente na pele, os bigodes são sensíveis porque seus folículos apresentam nervos e vasos sanguíneos abundantes!

As pontas dos bigodes possuem órgãos sensoriais muito importantes, chamados de proprioceptores.  

Isso ajuda a fornecer informações sensoriais importantes para que um gatinho possa se aventurar de maneira eficaz e segura em seu ambiente, podendo até mesmo transmitir mensagens sobre a posição do corpo do gato.

Os bigodes do gato detectam movimentos

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Os bigodes do gato são usados ​​para enviar informações às células sensoriais do corpo.

Basicamente, quando algo bate em um bigode ele vibra, estimulando os nervos dentro do folículo. Dessa forma, um gato poderia usar seus bigodes para detectar movimento, objetos e até mesmo o fluxo de ar.

Os bigodes podem até fornecer a um gatinho informações sobre a forma, velocidade e tamanho de um objeto.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Os bigodes do gato podem sentir fadiga

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Os bigodes são tão sensíveis que, se muita pressão for aplicada a eles, o gato pode sentir fadiga, ou seja, ele podem parar de funcionar de forma adequada momentaneamente.

Isso pode acontecer se um gatinho for forçado a comer em uma tigela muito pequena, onde os bigodes ficarão levemente exprimidos.

Dê uma olhada nos bigodes nas bochechas do seu gato e você notará que seu comprimento corresponde à largura do corpo dela. Isso ajuda o gato a descobrir se pode ou não se espremer em um espaço apertado com segurança.


Leia Mais: Livros Digitais Sobre Gatos Que Podem Fazer Com Que Seu Gato Viva Até Duas Vezes Mais Que a Média Normal


Bigodes podem transmitir humor

Fatos Fascinantes Sobre os Bigodes Dos Gatos

Observar a posição dos bigodes do seu gato pode lhe dar uma ideia de como ele está se sentindo no momento.

Por exemplo, se eles forem puxados para trás e achatados contra as bochechas, seu gato pode ficar bravo ou assustado. Se eles estiverem relaxados, seu gatinho pode ficar à vontade. Mas se eles estiverem direcionados e tensos, seu animal de estimação pode estar caçando ou captando informações do ambiente.

No geral, bigodes de gato são incríveis e não devem ser mexidos, muito menos cortados ou arrancados. Eles são muito importantes para a saúde do seu gato. Eles também podem cair com o passar do tempo, dando espaço para outro crescer no lugar.

Há pessoas que por algum motivo cortam o bigode do gato, isso nunca deve ser feito. É muito importante saber as verdadeiras necessidades do seu bichano, pelo bem da saúde dele.

Existem doenças de gatos que são os próprios tutores que causam, mesmo que sem querer.

Para saber se você está fazendo algo errado ou fazendo mal para seu gatinho sem se dar conta, assista a esse vídeo, onde falamos de algumas doenças causadas pelos tutores e como você pode evitar de fazer isso.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *