Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

Índice da Matéria: "Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?"

Quando se trata em ter cuidado com a saúde dos nossos bichanos nós devemos ter a maior atenção possível. Você não deve ficar se deixando levar pelo ditado popular que os gatos possuem sete vidas e por isso nunca vão ao veterinário.

Muito pelo contrário, os gatos têm o comportamento de não mostrar que estão doentes, para não ficarem vulneráveis.

E existem uma série de doenças felinas, que podem acometer o seu bichano, hoje vamos comentar mais especificamente sobre as doenças de pele.

Para isso, separamos algumas delas para você ter conhecimento sobre elas, mas apenas o médico veterinário pode definir se o seu gato tem ela ou não.

Esporotricose

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

A esporotricose é uma zoonose (afeta humanos também), ocasionada por um fungo, que se implanta no tecido subcutâneo por arranhaduras ou mordidas.

Ela é comum de ocorrer em áreas com o clima mais quente e em gatos de rua.

  • Os machos não castrados são os mais acometidos por realizarem a disputa de território.
  • Gatos FIV e FeLV positivo são mais difíceis de tratar.

Sinais clínicos da esporotricose

  • Crostas na pele
  • Perde de pelos
  • Nódulos que ulceram

Tratamento da esporotricose

Para o diagnóstico da doença é necessário realizar uma citologia e biópsia. As medicações utilizadas são antifúngicas, sendo cada um deles escolhidos de acordo com o grau da doença.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Dermatite eosinofilica

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

A dermatite é uma das doenças de pele em gatos ocasionada principalmente por conta de uma reação alérgica, é necessário identificar qual agente está ocasionando esse tipo de reação.

O gato acaba formando uma resposta alérgica exagerada, quando por exemplo, é picado por algum inseto.

Sinais clínicos da dermatite eosinofilica

  • Excesso de coceira e formação de crostas – Dermatite miliar
  • Úlcera no lábio superior ou próximo ao canino – Úlcera eosinofílica
  • Pápulas que coçam e ficam muito vermelhas – Placa eosinofilica
  • Formação de granuloma – Granuloma eosinofílico

Tratamento da dermatite eosinofilica

O diagnóstico é feito pela citologia ou então somente com os sinais clínicos. Os corticoides são os mais utilizados, podendo ser eles orais ou tópicos.

Além de imunossupressores em alguns casos ou medicações de quimioterapia. Um tratamento alternativo em casos que a medicação não produz resposta é realizar cirurgia.

Hipersensibilidade em gatos

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?

A hipersensibilidade causa sinais principalmente na pele, podendo ter diversas causas, como parasitárias, pediculose felina, escabiose felina, dermatite alérgica a picada de pulga, hipersensibilidade alimentar e alérgenos ambientais.

Sinais clínicos da dermatite eosinofilica

  • Síndrome da escoriação facial e cervical – redução do pelo, formação de crostas, áreas vermelhas e edema
  • Alopecia auto-induzida – o gato coça ou se lambe e perde pelo
  • Dermatite eosinofilica

Tratamento da hipersensibilidade

O tratamento deve ser feito com o diagnóstico correto, geralmente muitos profissionais realizam uma exclusão de problemas, porque se a causa ainda estiver presente, os sinais podem continuar aparecendo.

São usadas medicações anti-histamínicas para reduzir a resposta inflamatória, imunomoduladores e glicocorticoides.

Ácaros nas orelhas

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?
Doenças De Pele Em Gatos: Veja abaixo como detectar ácaros nas orelhas

Pode ocorrer de alguns parasitas infectarem a orelha dos gatos, podendo até fazer com que o quadro evolua para otite.

Os ácaros são pequenos e não são visíveis a olho nu, mas já incomodam bastante a vida dos nossos bichanos.

Sinais clínicos dos ácaros nas orelhas

  • Irritação no canal auditivo
  • Coceira
  • Arranhões nas orelhas
  • Sacudir a cabeça
  • Hematomas
  • Sangramentos

Tratamento para ácaros nas orelhas

O tratamento aqui também é bem simples, a doença deve ser diagnosticada pelo veterinário com o conteúdo do canal, evidenciando a presença do ácaro.

Geralmente são usadas medicações tópicas no ouvido, até mesmo para os gatos da casa que não apresentam sinais.

Pioderma

Doenças De Pele Em Gatos: Quais São e Como Tratar?
Doenças De Pele Em Gatos: Veja detalhes sobre pioderma

O pioderma é mais conhecido como infecção bacteriana da pele, ele aparece em situações secundárias, seja por parasitas, fungos, alergias ou traumas na pele. Tudo que permitir o acesso das bactérias pode fazer com que o quadro evolua para essa infecção.

Sinais clínicos do pioderma

  • Crostas
  • Papulocrostas com pus
  • Perda de pelo
  • Pústulas

Tratamento do pioderma

Assim que diagnosticado, a medicação mais utilizada é a classe de antibióticos para tratar a infecção bacteriana. A causa primária deve ser tratada em conjunto também.

Todas as doenças sempre devem ser diagnosticadas pelo médico veterinário. Assim como a prescrição de medicações que deve ser exclusiva do médico veterinário, visto que, a automedicação para os gatos gera diversos problemas de saúde.


Você já sabia tudo que falamos aqui sobre doenças de pele em gatos? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *