Doença Da Pulga Em Gatos: Principais Doenças e Como Evitar

Tempo de leitura: 4 minutos

doença da pulga em gatosDoença da pulga em gatos

Índice da Matéria Doença Da Pulga Em Gatos

  1. Como Evitar Doença da Pulga Em Gatos
  2. Doença Da Pulga Em Gatos: Sintomas e Quais As Mais Comuns

A pulga é um parasita que, quando infestado em gatos, não causa apenas uma coceira boba, tendo em vista que doença da pulga em gatos é bem agressiva, e se não tratada pode levar a morte.

As pulgas são adquiridas principalmente por animais que saem perambular pela vizinhança sem controle.

E também de gatos com acesso a outros animais de rua, podendo vir do ar e/ou adquirir de outro animal.

A mídia possui bastante culpa nesse aspecto. Disseminando diversas informações erradas sobre como devemos tratar nossos gatos.

Muita gente acha, pelo que vê na TV, que deve deixar seu gato solto por aí, o que não é verdade.

Nós falamos sobre esse assunto inclusive em nossa lista VIP de e-mails, onde damos outras informações detalhadas para assinantes. Para fazer parte dessa comunidade é só inserir seu e-mail abaixo.

Conteúdo VIP

Doença Da Pulga Em Gatos: Principais Doenças e Como Evitar

Receba GRATUITAMENTE dicas exclusivas no seu Messenger!>

Fique tranquilo, é completamente SEGURO! E só enviaremos informações para manter seu gatinho mais saudável!

Bem, mas o que você quer agora são outras informações sobre doença da pulga em gatos, certo? Então vamos lá!

Como Evitar Doença da Pulga Em Gatos

Doença Da Pulga Em Gatos: Principais Doenças e Como EvitarDoença da pulga em gatos: sintomas e doenças causadas por pulgas em gatos

Devemos considerar que as pulgas são uma infestação que podem prejudicar não só o animal, mas também as pessoas que vivem com ele.

Por isso, nos primeiros sinais de que seu bichano está com pulgas leve-o a um veterinário e use os métodos para evitar e retirar pulgas.

Com relação a doença da pulga em gatos tratamento preventivo é a melhor opção. Veja alguns métodos:

  • Use remédios em creme que sejam anti-pulgas:

Lembrando de repetir a dose uma vez na semana durante um mês, e só realize o banho em seu gato quando for repassar o anti-pulgas;

  • Colares anti-pulgas:

É um dos mais indicados, pois a ação se prolonga pelo tempo que o gato usar o colar, evitando as pulgas e ainda as erradicando do corpo do animal.

É uma ótima forma de evitar doença da pulga em gatos.

  • Realize banhos frequentes:

Como nos humanos os banhos podem evitar muitas doenças e ainda as pulgas, por isso não deixe que seu animal fique um grande período de tempo sem banho.

Veja com seu veterinário a periodicidade ideal para seu gatinho.

  • Use óleos:

Os óleos é uma boa pedida, pois as pulgas gostam de livre acesso e uma pele limpa sem nada;

  • Penteie diariamente seu gato:

Fazendo a ação de pente fino, faça isso todos os dias.

⇒ Leia também:  Como Fazer Seu Gato Viver Até os 30 Anos de Idade

Doença Da Pulga Em Gatos: Sintomas e Quais As Mais Comuns

Doença Da Pulga Em Gatos: Principais Doenças e Como EvitarDoença transmitida pela pulga em gatos

Agora que sabe como evitar as pulgas, veja doença da pulga em gatos mais comuns:

  • Anemias:

As anemias que o gato pode desenvolver vão depender de dois fatores, sendo eles:

  • Tempo que o gato fica com a infestação de pulgas:

Lembrando que quanto mais tempo, maior a probabilidade de anemias;

  • E quantidade da infestação que assolou o gato:

Ressalvando que a quantidade pode elevar o nível de anemia.

Com certeza é uma doença transmitida pela pulga em gatos que devemos evitar a todo custo.

  • Problemas de comportamento:

O aumento gradual da coceira faz com que o animal fique mais irritado e sem paciência, deixando de comer.

Lembre-se de que animais com idade e/ou com problemas na coluna, vão ter seus problemas agravados e ficarão com mais dor.

  • Problemas na pele:

Essa é outra das doenças causadas por pulgas em gatos. Pela mordida da pulga a pele do animal pode ficar mais irritada, podendo gerar dermatite, além de:

  • Perda de pelo;
  • Feridas;
  • Alergias de vários tipos;
  • Descamação;
  • Odor forte e constante;
  • Infecções na pele.
  • Vermes:

As pulgas também podem introduzir vermes no organismo do gato.

Por isso se o seu gato teve pulgas, leve-o ao veterinário para ele dar um vermífugo, sem esquecer que vermes podem causar convulsões.

  • Vírus:

Como a pulga sempre vem de outro animal, ela pode acabar trazendo um vírus que o seu hospedeiro anterior possuía.

Mas é claro que isso dependerá da quantidade da infestação em seu animal.

Ressalta-se que nada adianta tratar o sintoma e não tratar a origem do problema, por isso aniquile as pulgas e depois os sintomas.

Sabendo todas essas informações, não temos motivos para fazer vista grossa com as pulgas.

Evitando doença da pulga em gatos estamos prolongando sua vida de forma confortável.

Para mais informações sobre diversas doenças, clique aqui, e seja redirecionado a um vídeo exclusivo.

La você terá mais informações sobre como prevenir doenças em gatos, evitando assim uma morte prematura do seu gatinho, além de saber 3 dicas que podem fazer com que seu gato viva até o dobro da expectativa esperada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *