Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

Os gatos são bem conhecidos por terem o paladar bem exigente, muitas vezes atualizar a dieta do seu bichano pode ser uma missão difícil.

Mas é uma ótima maneira de certificar-se que ele está recebendo todos os nutrientes que necessita para estar bem e saudável.

Às vezes o seu bichano pode acabar enjoando da alimentação sendo necessário procurar outra, ou fazer revezamento de rações.

E nós como tutores, devemos ter a obrigação de olhar todos os ingredientes encontrados nos alimentos comerciais dos gatos, seja nas rações úmidas ou secas, para melhorar a qualidade alimentar dos nossos peludos.

Se você realmente está pronto para fazer a transição, submeter o seu gato a uma nova dieta, tenha muito cuidado, ela deve ser de forma sútil para evitar qualquer tipo de problema.

Dessa forma, o organismo do seu gato irá se adaptar aos poucos com essa nova alimentação, sem desenvolver quadros de diarreia ou vômito.

Nós separamos algumas informações para você seguir ao fazer a mudança.

Transição ao longo de 7 a 10 dias

Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

A transição da alimentação deve ser feita de maneira gradual, ou seja, você precisará misturar a dieta atual com a dieta nova, ao longo de 7 a 10 dias.

Misturar os alimentos de forma gradual, fará com que o seu bichano se interesse pelo novo alimento, sem causar qualquer choque no organismo.

Para começar, coloque apenas 25% da nova comida e 75% da alimentação anterior.

Lentamente vá aumentando a quantidade da alimentação nova, até que você chegue em uma mistura de 50/50.

Após dois a três dias, comece a servir metade e metade das rações, depois, você pode passar a mistura para 75% da dieta nova e 25% da dieta antiga, por mais 2 a 3 dias.

E então depois, é só mudar para 100% da nova dieta.

Caso esses passos não sejam seguidos, alguns problemas digestivos podem acontecer durante a transição como:

  • Constipação
  • Diarreia
  • Vômito
  • Gases

Se algum desses sinais estiver presente, apenas diminua o tempo entre as misturas, para fazer com que o seu bichano tenha mais tempo para se ajustar ao novo.

Ao invés de realizar a mistura básica por 2 a 3 dias, faça por 4 a 6 dias.

Lembre-se cada bichano é diferente, pode ser que o seu consiga se adaptar com o exemplo, ou que tenha que ter mais um pouco de paciência.

Se você tiver dúvidas, converse com o seu médico veterinário sobre esse processo de transição.


Leia Mais: Livros Digitais Sobre Gatos Que Podem Fazer Com Que Seu Gato Viva Até Duas Vezes Mais Que a Média Normal


Engane um gatinho exigente

Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

Os gatos possuem os hábitos bem regrados, então, a maioria das pessoas tem que lidar com bichanos muito exigentes, o que é ótimo.

Os gatos são criaturas que não são fãs de grandes mudanças, ainda mais quando o assunto é alimentação!  

Mas existem coisas que você pode fazer para estimular seu animal de estimação a comer um novo alimento:

  • Molhe a comida com água, ou o óleo do atum em lata, ou com azeite de oliva
  • Adicione um pouco de algum petisco ou alimento que o gato goste muito em cima
  • Polvilhe um pouco de ração seca em cima da ração úmida
  • Experimente colocar texturas diferentes nos alimentos, como pedaços de algum patê favorito

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Como escolher a dieta correta para o seu gato?

Como Fazer Transição Alimentar Em Gatos

Se você está buscando alimentos de qualidade para o seu gato, seja na alimentação seca ou na úmida, vamos te dar algumas dicas básicas de como acostumar o seu gato para uma transição saudável.

  • Experimente fazer novas receitas, seja petiscos ou revezar pratos com alimentação natural, existem diversas opções saudáveis que podem ser compradas ou feitas em casa
  • Escolha dietas que sejam livres de corantes e sabores artificiais
  • Alguns bichanos preferem alimentos úmidos durante a transição, então aposte em usar um pouco deles em algumas refeições
  • Preço alto não é sinônimo de qualidade, busque sempre opções e opiniões de especialistas

Concluindo, sempre realize o processo de transição com muito cuidado, e com todas as dicas que forem passadas por um profissional da área.

Cada gatinho é único, e é normal que alguns levem mais tempo que outros para se adaptar a uma dieta nova.

É interessante fazer o revezamento de alimentações, para evitar que ele acaba enjoando de um ou outro alimento.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *