Como Adestrar Gatos Que Mordem

Tempo de leitura: 3 minutos

como adestrar gatos que mordemCada gato se comporta de uma maneira, mas as mordidas são um costume frequente e que pode ser modificado com adestramento. Nessa matéria você verá como adestrar gatos que mordem.

Índice da Matéria ‘Como Adestrar Gatos Que Mordem’

  1. Mas por que gatos mordem?
  2. Como adestrar gatos que mordem
  3. Adestramento não é sinônimo de sofrimento

Muitos tutores de gatos não entendem os motivos pelos quais o seu gato morde tanto e muito menos sabem como fazer o animal parar de agir dessa maneira, que pode até gerar machucados graves nas pessoas, principalmente em crianças. A falta de conhecimento leva a ações pouco efetivas ou que, infelizmente, acabam prejudicando muito a relação entre o gato e o seu tutor.

As mordidas dos gatos podem ser encaradas carinhosamente por um tempo, mas dependendo de sua frequência ou intensidade, acabam se tornando um incômodo e é importante saber como mudar isso de vez!

Conteúdo VIP

Coloque o seu de email abaixo para receber gratuitamente dicas exclusivas!>

Mas por que gatos mordem?

Assim como os bebês humanos, os filhotes de gato também têm sua fase oral, na qual se utilizam da boca para explorar o mundo ao seu redor, incluindo desde móveis até o braço das pessoas que estão próximas a eles. Este gesto, além de ajudar a coçar a gengiva na fase de crescimento dos dentes, também os ajuda a desenvolver os seus sentidos, mas pode ser levado para a vida.

Os gatos mordem também como uma forma de brincar e chamar atenção de seus donos. É preciso analisar se a intenção dessa mordida é agressiva ou não, já que, no caso das agressivas, é preciso buscar entender os motivos de insatisfação do seu gato que o estão afetando a ponto de gerar um comportamento agressivo.

Veja Também: Se Você Vir Seu Gato Fazendo Isso, Vá Para o Veterinário Imediatamente. Você Pode Provavelmente Salvar a Vida Dele

Como adestrar gatos que mordem

Para ensinar que morder não é uma atitude desejada, é preciso mostrar isso ao animal através de alguns gestos simples, que escancaram sua insatisfação e repreendem o animal: todas as vezes que o gato morder, saia de perto dele de forma lenta, para não dar a entender que você também está entrando na brincadeira. Após isso, tome a postura de repreensão.

Para repreender um gato, basta você colocar a mão próximo a nuca do animal e abaixar a cabeça dele até quase chegar ao nível das patinhas. Lembre-se que você não deve ser violento, bruto ou fazer força a ponto de machucar o bichinho. Gritos ou broncas não são efetivos para gatos, que ignoram completamente estas atitudes.

Para sentir os efeitos do adestramento, é preciso que a postura do dono se mantenha igual a cada nova mordida, criando uma rotina de reação ao comportamento do gato. Com o tempo, o animal acaba entendendo que não é bom morder. Além disso, é importante evitar e desestimular brincadeiras que incentivem o gato a morder.

Nessa matéria também falamos um pouco mais sobre adestramento de forma geral.

Adestramento não é sinônimo de sofrimento

Adestrar um Gato não precisa ser uma tarefa sofrida e cheia de tentativas e erros. Se você souber por onde começar e como agir a cada reação do seu pet, fica muito mais fácil remover esse hábito da vida dele. Para ter informações completas e fornecidas por especialistas em felinos, o Guia Para um Gato de 14 Vidas é a sua melhor opção!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *