Calicivírus Felino

Calicivírus Felino

Você já ouviu falar do Calicivírus Felino

Conhecida como FCV, essa doença afeta o sistema respiratório do gato e pode ser perigosa.

Existem vários tipos de vírus que podem afetar os gatos de diversas idades, estar ciente sobre alguns deles é muito importante.

Veja Mais:

Especificamente vamos comentar sobre o Calicivírus, você já ouviu falar sobre?

Se a resposta foi não, nós separamos algumas informações importantes a respeito desse vírus que afeta o sistema respiratório do gato, e pode ser muito perigoso.

O que é o calicivírus felino?

Calicivírus Felino

Existem diversas siglas para o Calicivírus felino, em inglês feline calcivirus, apelidado de FCV.

Ele é o principal causador de doenças orais e respiratórias na via superior em felinos, de todo o mundo.

Se um gato for diagnosticado com uma doença respiratória, o Calicivírus pode ser o culpado, e uma infecção dupla com o Herpesvírus Felino também é possível!

Por isso, é preciso ter muita atenção quando se trata de afecções respiratórias.

Infelizmente, essa infecção viral é considerada comum na população de gatos, e geralmente causa sinais clínicos que podem ser semelhantes com o da gripe.

Porém, existem diversas cepas do vírus e a gravidade dele varia de acordo com a cepa, assim como os sinais clínicos.


Leia Mais: Livros Digitais Sobre Gatos Que Podem Fazer Com Que Seu Gato Viva Até Duas Vezes Mais Que a Média Normal


Quais são os sinais clínicos do calicivírus felino?

Calicivírus Felino

Essa doença pode afetar os olhos, a garganta, cavidade oral, cavidade nasal, sistema musculoesquelético, os intestinos e os pulmões.

A predisposição é maior para gatinhos filhotes e gatos mais idosos, porque possuem o sistema imunológico levemente comprometido e em desenvolvimento.

Porém, adultos saudáveis também podem ser afetados, a taxa de mortalidade é considerada baixa.

Além disso, é comum da doença se espalhar rapidamente, principalmente se for em um local com uma grande população de felinos, como abrigos e ambientes extremamente lotados.

Alguns dos sinais clínicos relacionados com o calicivírus são:

  • Congestão nasal
  • Espirros
  • Descarga dos olhos ou nariz (a secreção pode ser clara ou pode conter pus)
  • Conjuntivite
  • Úlceras na boca, incluindo gengivas, palato duro ou língua, causando salivação
  • Úlceras no nariz ou lábios
  • Letargia
  • Linfonodos aumentados
  • Estrabismo
  • Febre
  • Anorexia
  • Claudicação dolorosa e repentina em uma ou mais articulações

Uma cepa de calicivírus felino conhecida como Calicivírus felino sistêmico virulento VS-FCV), pode causar sinais clínicos que afetam a boca, o nariz e os olhos antes de causar outros sinais clínicos.

Como depressão grave, icterícia, edema de rosto e / ou pernas, febre e doenças em múltiplos órgãos. 

  • Essa cepa tem uma taxa de mortalidade mais alta e é altamente infecciosa, mas a boa notícia é que ela é rara.

Veja Mais:

Como o Calicivirus se espalha?

Calicivírus Felino

O FCV é altamente contagioso, e é eliminado nas secreções dos olhos ou nariz, bem como na saliva do gato.

Os especialistas também especulam que pode ser eliminado nas fezes ou na urina.

Ou seja, todos esses fatores tornam a infecção muito mais rápida, seja por contato que os gatos tenham um com os outros, ou sobre superfícies e utensílios que compartilham.

Até mesmo as vacas podem se infectar com o vírus, tendo contato direto com um felino infectado ou com objetos do ambiente que contenha o vírus.

Além disso, quando você toca um gato contaminado, também há chances de transmitir para um gato saudável.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

Calicivírus Felino

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Existem tratamentos para calicivírus felino?

Calicivírus Felino

Além de vacinação contra a doença, existem tratamentos disponíveis para os bichanos que forem infectados.

Como o uso de medicações para os olhos, anti-inflamatórios, antibióticos para prevenção ou tratar infecções secundárias.  

  • Quando a infecção é muito grave o gato precisa ficar internado para receber um suporte adequado

Leia Mais: E-books Falam Tudo Sobre Alimentação Natural Para Gatos Para Deixá-los Ainda Mais Saudáveis


Proteja seu gato contra o calicivírus

Calicivírus Felino

Como o calicivírus é altamente contagioso, você pode proteger seu bichano minimizando a exposição a gatinhos doentes, e lavando as mãos com frequência.

Procure manter o ambiente sempre limpo, e é claro, vacine o seu bichano!

Se você notar algum sinal clínico de FCV, leve seu gato ao veterinário o mais rápido possível para receber o tratamento adequado e conselhos para ajudar seu gatinho a melhorar.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *