4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

Índice da Matéria: "4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer"

Quando você traz um novo integrante para a sua família, como um gatinho perdido ou então adotou algum gato, é bem possível que esse bichano não tenha um histórico médico.

E ter esse histórico é de extrema importância para determinar se o gato possui alguma doença ou não.

A prevenção também é um ato de amor, então quanto antes você tiver os cuidados com o recém-chegado, melhor será para o convívio e a saúde dele.

Assim você não perde tempo tratando qualquer eventual doença que esteja presente, além de evitar a transmissão de doenças caso você já tenha outros gatos em casa.

Então, quais são os testes recomendados que o veterinário realize com o novo gato na família?

Nós separamos 3 testes e vamos explicar um pouco sobre cada um deles e a sua importância. E, vale lembrar, durante a consulta diga que não conhece o histórico médico do seu novo filhinho peludo, assim o exame será ainda mais detalhado.

Exame físico nos gatos

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

O procedimento do exame físico deve ocorrer sempre em qualquer consulta, nele é possível avaliar o estado de saúde geral, desde o nariz até a cauda.

Está incluso também avaliar dessa forma o peso do gato, se ele estiver abaixo do peso alguns ossos ficarão extremamente evidentes e o bichano não terá tanta musculatura, já se ele estiver acima do peso, será um pouco difícil de conseguir sentir algumas estruturas ósseas.

Com o estetoscópio é possível verificar se o coração e os pulmões do gato estão saudáveis, com a auscultação é possível ouvir alguma alteração no som e no ritmo dos dois.

Observando a pele, também é possível identificar a presença de parasitas externos, como os tão indesejáveis pulgas e carrapatos.

Partindo para a boca, serão analisados os dentes e a gengiva, caso tenha alguma alteração ela também será evidenciada ali. Caso os dentes estejam bem brancos, significa que o gato ainda é jovem.

Os olhos também são analisados, eles precisam estar brilhantes e claros.

Ocorrem outras etapas como a palpação abdominal, olhar dentro das orelhas, aferir a temperatura, observar as mucosas, cada etapa do exame é muito importante.

A aparência do seu gato por fora dará a seu veterinário pistas sobre problemas de saúde subjacentes. Portanto, esta é uma etapa importante para garantir que seu novo animal de estimação esteja bem.

Exame de sangue em gatos

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

O exame de sangue já mostra informações que não são possíveis de serem observadas externamente, além de mostrar se há alguma alteração, mesmo que não tenha sinais clínicos dela.

Por exemplo, um exame de sangue pode mostrar se os rins estão saudáveis, tireoide e identificar se há algum sinal de diabetes. Essas alterações são mais comuns em gatinhos mais velhos.

Muitos veterinários também recomendam realizar um exame de sangue antes de castrar seu novo bichano, também é uma opção e no resultado do exame o veterinário poderá decidir se o bichano lidará bem com uma anestesia e cirurgia.

GRÁTIS! Livro Digital: Como Parar De Envenenar Seu Gato Com Rações Ruins (Mesmo As Mais Famosas)

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

Descubra como e por que MESMO AS RAÇÕES MAIS CARAS podem estar fazendo MUITO MAL ao seu bichano e TIRANDO ANOS da vida dele! (E como se prevenir disso)

Download 100% GRATUITO! Insira seu melhor e-mail para receber.>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO!

(Mais de 90 mil downloads)

Testes para parasitas em gatos

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

Um exame fecal também é recomendado para bichano adotado, esse teste é muito simples e irá determinar se o gato tem ou não algum parasita interno que pode ser prejudicial à sua saúde, e que pode ser transmitido para humanos e outros animais de estimação da casa. 

  • Alguns veterinários também podem recomendar o exame para dirofilariose;

Algumas das infecções parasitárias, como as lombrigas, farão com que o seu gato elimine alguns desses parasitas nas fezes ou até mesmo no próprio vômito.

Mas em alguns casos, a quantidade de parasitas pode ser baixa e não manifestar os sinais clínicos, por isso que é importante realizar o exame de fezes.

  • Com o exame de fezes também é possível identificar a presença de protozoários como a Giardia e o Toxoplasma

Caso o seu bichano tenha o resultado positivo para alguns dos testes, serão prescritos medicamentos para se livrar deles da maneira mais rápida o possível.

E sempre o protocolo de vermifugação deve ser estabelecido para evitar com que os parasitas voltem a acometer o gato.

Teste para doenças infecciosas em gatos

4 Exames Veterinários Que Todo Gato Recém Adotado Deve Fazer

Outro teste que seu veterinário pode recomendar para o seu bichano é um teste simples e muito importante para identificar o vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da leucemia felina (FeLV).

Essas doenças enfraquecem o sistema imunológico de forma muito grave, deixando o gato mais vulnerável a ter outros problemas de saúde.

E como eles podem ser transferidos de um gato para outro é importante saber se o seu gato está infectado ou não, especialmente se você for apresentá-lo a uma família com vários gatos.

Portanto, é claro que seu veterinário pode sugerir a realização de outros exames e testes, dependendo de como está o estado de saúde do seu bichano.

Não deixe de aproveitar a oportunidade de fazer um check-up nesse mais novo integrante da família, porque é a oportunidade perfeita para tirar qualquer tipo de dúvida e saber quais são os melhores cuidados que você precisa ter para mantê-lo bem e saudável.

Afinal de contas, prevenção é sempre a melhor arma para manter nossos bichanos saudáveis, assim como saber os principais cuidados com nossos gatos para evitar que eles fiquem doentes por algum descuido.


Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *