4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos

4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos

Hoje vamos falar sobre algumas coisas que você nunca, JAMAIS, deve fazer com seus gatos. Elas podem, na melhor das hipóteses, afetar o bem-estar dele e, na pior, trazer até prejuízos físicos sérios.

Guizo na coleira pode?

4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos

A primeira coisa, talvez uma das mais comuns, que você não deve fazer com seu gato é usar guizo na coleira dele. Geralmente eles já vêm com aquela coleirinha bonitinha que você compra nos Petshops.

O problema com o guizo é que nosso bichanos são caçadores (mesmo que recebam a comida por nós isso não muda). Ter um sino avisando sua chegada em todos os lugares é horrível para um caçador.


Veja Também: Prevenção De Doenças Renais Crônicas Nos Gatos


Os instintos do seu gato vão dizer pra ele que ele precisa ficar na espreita e se movimentar com cuidado, ir até a presa de surpresa e aquele negócio balançando, fazendo barulho anunciando que ele está chegando pode deixar seu gato MUITO frustrado.

Além disso, audição dos gatos é infinitamente superior à nossa. Então se a gente já escuta o sininho tocando pela casa inteira, pensa em como eles vão se sentir! Seria como se você ficasse com um alarme de carro pendurado no seu pescoço, 24 horas por dia.

O guizo não tem NENHUMA utilidade pro seu gato, são só prejuízos. Se você fizer questão de ter a coleirinha, ok. Apenas retire o guizo dela. Geralmente eles saem bem facilmente.

Dar sustos nele de propósito

4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos

Pela internet há um tempo (felizmente isso parou ou diminuiu bastante) rodava uma brincadeira do pepino. Com certeza você já viu. Eles escondiam pepinos perto dos gatos e eles se assustavam demais, davam pulos, saiam correndo.

Isso é porque gatos tem medo de pepino, obviamente. Agora, o que você talvez não saiba é que isso pode traumatizar o seu gato talvez de uma forma permanente.


Leia também: As 07 Principais Medidas Para Cuidar Bem Do Seu Gato Enquanto Economiza


Os gatos não conseguem diferenciar um susto bobo de uma ameaça imediata à vida deles. Então se ele pensar que tem uma cobra, por exemplo, atrás dele, o pensamento dele é: EU VOU MORRER!

Especialmente se for no momento em que ele está bebendo água ou se alimentando, porque são horas de extrema vulnerabilidade onde seus sentidos ficam em estado de alerta total.

Isso pode criar, além de outros, problemas alimentares no seu gato. Ele pode não se sentir mais seguro para comer ou beber água e acabar desenvolvendo problemas sérios de verdade! “Só” porque gatos tem medo de pepino.

Pensa se você levasse um tipo de susto que te fizesse temer pela sua vida, duas, três vez AO DIA. É possível que você desenvolvesse alguma forma de desordem de estresse pós traumático.

Não faça nada parecido com seu gatinho. Se ele se assustar sozinho, beleza. Mas não faça isso de propósito! Você pode criar diversos tipos de problemas nele, ok?

Se for possível, não assista, não compartilhe e nem comente esse tipo de conteúdo. Isso incentiva aquelas pessoas a produzirem mais e mais coisas desse gênero. E se a gente quer construir um mundo mais acolhedor para os nossos gatos, devemos começar dando o exemplo, concorda?

Coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos: Cortar os bigodes

4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos

Parece bizarro (e realmente é!), mas ainda existe gente que corta os bigodes do gato. Seja por ser uma pessoa nem a menor noção, seja porque deixaram a criança perto do gato com uma tesoura na mão.

Nós recebemos muitas mensagens perguntando “faz mal cortar os bigodes do gato?”. Não consigo entender o que causa esse impulso. Os bigodes deles têm uma função

Eles não são só enfeite, eles têm função de ajudar a perceber o ambiente como um todo. Então quando você corta o bigode do gato você reduz a percepção que ele tem.

Nunca bata no seu gato, por NENHUM MOTIVO!

4 coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos
Coisas que você NUNCA deve fazer com seus gatos: Não tem nada que justifique agressão ao seu gatinho!

Isso já devia ser óbvio a essa altura, certo? Só que não é. Infelizmente ainda há pessoas que, sabe lá por que, gostam de descontar sua frustração nos bichos de estimação.


Leia também: Como são as fases de desenvolvimento dos gatos?


Não tem nenhum motivo que justifique você bater no seu gato. Nenhum! Simples assim. Primeiro porque eles não vão entender o motivo da agressão e segundo porque é muito mais eficaz adestra-los a ter um comportamento desejável do que punir um indesejável.

Mesmo que seu gato esteja sendo agressivo, ele não vai aprender apanhando. Nós já falamos sobre como adestrar um gato que morde, por exemplo, vale muito a pena clicar nesse link e dar uma lida.

Eu tenho uma gatinha bem sapeca, a Pandora, que toda vez que tá fazendo alguma coisa errada eu corrijo de uma forma que sempre mostro lá no nosso instagram. Nossas seguidoras já sabem qual é!

Olha o endereço: https://www.instagram.com/paixaoporgatospontocom

Conclusão:

O que a gente aprendeu em detalhes nessa matéria? Vamos recapitular as 4 coisas que você NUNCA deve fazer com seu gato.

  • Pôr nele uma coleira com guizo, porque vai contra seus instintos;
  • Dar sustos ou fazer brincadeiras como a “brincadeira do pepino”, porque gatos tem medo de pepino e podem causar danos SÉRIOS;
  • Cortar os bigodes dele. Isso atrapalha a percepção dele do ambiente;
  • Bater nele (independente do motivo).

Você já sabia tudo que falamos aqui? Comenta ali no final “Não foi novidade”. Se aprendeu algo novo, comenta “Eu não sabia ….”.

Não se esqueça de conhecer nossas mídias sociais (temos conteúdos exclusivos para cada uma delas!):


Quer aprender mais?

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi donde eu tirei as informações (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês), pode clicar AQUI.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *