3 Dicas Indispensáveis Sobre Cuidado Com Gatos

Tempo de leitura: 7 minutos

3 dicas sobre cuidado com gatos

 

Independente se você está começando a criar o seu primeiro gato ou se você já tem certa experiência com isso, é muito importante estar sempre se atualizando e pesquisando sobre a melhor forma de cuidar deles.

Cuidar da alimentação dele, prestar atenção na saúde, conferir se todas as vacinas estão em dia, dar banho periodicamente…. Esses são cuidados básicos que precisamos ter com nossos gatos. E nesse artigo vamos te ensinar três dias para você aumentar seu conhecimento sobre cuidados com os gatos!

3 Dicas Indispensáveis Sobre Cuidado Com Gatos

O que evitar na alimentação do seu gato

Sempre ficamos com pena do nosso gato quando eles fazem aquelas caras de coitados, quando querem alguma coisa que estamos comendo e muitas vezes não resistimos e acabamos dando um pedaço.

Mas o que não percebemos é que isso pode fazer muito mal aos nossos bichanos, principalmente porque o organismo dos gatos é muito sensível.

Um dos alimentos que você não pode dar ao seu gato é o chocolate. O chocolate tem uma substância chamada teobromina, que é uma substância que não é facilmente metabolizada no fígado dos gatos.

A teobromina pode causar diarreia, vômito, acelerar os batimentos cardíacos, tremores e convulsões. Um pedaço pequeno pode causar muito mal ao seu gato, principalmente se ele for de porte pequeno ou novinho.

Lembre-se que alimentos que levam chocolate na composição também estão proibidos.

Outros alimentos que você precisa ficar de olho e evitar que seu gato consuma:

  • Café ou chá;

  • Tomates;

  • Abacate;

  • Uvas frescas ou uva passa;

  • Cebola e alho;

  • Entre outros…

Se ficar em dúvida se você ou não dar certo alimento para seu animal, sempre consulte um veterinário. Ele é o profissional mais indicado para te orientar em relação a isso.

Como melhorar a saúde do seu gato brincando

3 Dicas Indispensáveis Sobre Cuidado Com Gatos

As brincadeiras são muito importantes para o seu gato, principalmente se ele está na infância. Isso porque é nessa fase que ele irá aprender técnicas de caça, melhorar a coordenação motora e se desenvolver de forma geral.

Mas isso não quer dizer que você não precisa brincar com seu gato se ele já for adulto. Eles também precisam desse momento de lazer para desestressar e se exercitar.

Além disso, você pode estreitar os laços com o seu gato. Com certeza ele se sentirá mais seguro na sua presença depois de passar alguns momentos brincado com você. Algumas brincadeiras indicadas são:

  • Bolinhas: As bolinhas são ótimas para você brincar com seu gato, principalmente porque os gatos são muito curiosos. Então eles vão querer correr atrás dela para pegar. Estimule seu gato dando um petisco de recompensa toda vez que ele levar a bolinha para você novamente.

  • Varinhas: Novamente por causa de sua curiosidade, os gatos adoram esse brinquedo. E você pode até fazê-lo em casa. Na ponta de uma varinha, amarre um barbante e na ponta do barbante amarre um brinquedo pequeno, ou pode ser até um pedaço de pano. Agora movimente a varinha para todos os lados para que ele tente caçá-la.

Qualquer coisa pode ser brinquedo.

Os gatos brincam com qualquer coisa que faça barulho e que eles possam manusear, você pode encher uma meia calça velha com papel de bala para que façam barulho, o seu gato vai se distrair por um bom tempo brincando com esse brinquedo que você fez em casa com a maior facilidade, e o melhor não custou nada!

E mesmo sendo simples ele pode se divertir por horas.

Simule uma caçada.

O seu gato vai adorar essa brincadeira, inclusive por que vai estimular os seus instintos, simule uma caçada com objetos semelhantemente as presas como ratinhos e passarinhos.

Você não deve estimular a agressividade, mas o instinto de caçador nato que o gato possui. Simular de maneira correta todos os passos da caçada é uma forma interessante e correta de brincar.

Para simular a caçada procure movimentar o brinquedo amarrado em um fio lentamente, esconda e aguarde alguns minutos e, em seguida, estimule o gato intensamente para, finalmente, permitir que ele pegue a caça. Você pode repetir a brincadeira pelo menos mais uma vez.

Diminuir as luzes do ambiente para estimular a brincadeira de caçada vai deixar a brincadeira mais realista e o seu gato realmente vai se sentir como se estivesse caçando. A explicação é simples, gatos são excelentes caçadores durante a noite!

Brincando com a lanterna ou Laser.

Essa brincadeira também é muito simples e divertida, use o foco de luz para movimentar a “presa”. Para isso escureça o ambiente e vá apontando o laser para vários lugares fazendo com que o seu gato corra tentando pegar a luz.

É uma brincadeira interessante e vai fazer seu gato se exercitar bastante. Só tome cuidado para não apontar a lanterna diretamente para os olhos do gato!

Varinha com uma isca na extremidade.

Essa brincadeira é super simples.

Arrume uma varinha qualquer, e coloque na extremidade dela uma folhinha ou algum brinquedinho de borracha, pode ser até alguma coisa que emita sons. Saia pela casa com a varinha e o seu felino não perderá tempo em iniciar a caçada.

Estabeleça tempo para as brincadeiras.

Tente estabelecer duas sessões diárias de brincadeiras, com o tempo de quinze minutos, dessa forma você estimula seu gato, os laços entre você e o seu felino se estreitam e ele se movimenta. Isso serve para que ele mantenha a forma e não fique obeso.

Caso não consiga cumprir as duas sessões diárias, faça pelo menos uma, e quando não tiver tempo, recompense seu felino com muitas brincadeiras quando estiver disponível.

As brincadeiras são excelentes formas de estimularem os gatos, tanto mentalmente como fisicamente.

Os gatos não devem ser deixados sem fazer nada, por que naturalmente o seu instinto é de caçar, é um felino ativo e curioso, então não deixe entediado.

Claro que existe o outro lado desses animais, que compensam suas aventuras com muitas horas de sono e preguiça. Afinal, você também precisa retomar o fôlego, né?

 

Como aumentar a expectativa do seu gato

Os gatos vivem, em média, de 12 a 15 anos. Um tempo maior do que é expectativa de vida de cachorros, mas ainda sim é relativamente pouco. Mas você sabia que com alguns cuidados a mais você tem a chance de ajudar o seu gato a viver muito mais?

A dica mais importante é a alimentação. Especialmente nos felinos mais velhos.

Controlar DE PERTO a alimentação e não deixar a comida disponível o tempo todo são bons pontos de partida.

(Nesse link AQUI eu mostro como é importante cuidar da alimentação dos nossos gatos e como algumas rações são verdadeiros VENENOS pra eles!)

Se quiser mais informações e dicas sobre informações alimentação saudável, como aumentar as chances de seu gato viver mais do DOBRO da expectativa normal, brincadeiras, como introduzir um novo gatinho em sua casa e diversos outros tópicos, não esqueça de deixar seu e-mail no formulário abaixo, tá? ?

Conteúdo VIP

3 Dicas Indispensáveis Sobre Cuidado Com Gatos

Receba GRATUITAMENTE dicas exclusivas no seu Messenger!>

Fique tranquilo, é completamente SEGURO! E só enviaremos informações para manter seu gatinho mais saudável!

E pode não precisa se preocupar em nada. Eu não envio NENHUM TIPO de spam, nem comerciais, NADA do tipo! Todos os e-mails são escritos por mim, diretamente, com dicas e artigos para melhorar a vida do seu gatinho!

E NO MOMENTO que elas deixarem de ser úteis, você pode só clicar opção “descadastrar” que há no final de cada e-mail, ok? =)

Se você achou esse artigo útil ou acha que tem alguém que pode gostar dele também, o que acha de usar o botão abaixo e compartilhar no seu Facebook?

3 Dicas Indispensáveis Sobre Cuidado Com Gatos

De repente outros donos de gatos também vão gostar de saber, né?

Deixe seu comentário e/ou mande um e-mail pra nós dizendo o que achou ou pedindo mais artigos pro site. O feedback de vocês é indispensável!

Um forte abraço!
– Felipe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *