07 Mitos Sobre Deixar o Gato Ir Para a Rua Ser Bom (Lugar de Gato é Dentro de Casa!)

07 Mitos Sobre Deixar o Gato Ir Para a Rua Ser Bom (Lugar de Gato é Dentro de Casa!)

Há muitos falsos benefícios sobre deixar o gato ir para a rua e você vai descobrir alguns aqui, afinal lugar de gato é dentro de casa

Entenda porque deixar o seu gato ir para a rua pode ser uma péssima ideia:

  1. Ir para a rua é bom para aprender a fugir de perigo

Além de ser um mito, também reforça uma ideia totalmente contrária sobre o que realmente pode acontecer. Ao permitir que o seu bichano vá para a rua, você abre portas para que ele seja exposto a acidentes no trânsito, brigas com outros animais, agressões de humanos ou até graves machucados provocados justamente por transitar em ambientes desconhecidos.

  1. Ter contato com a rua aumenta a imunidade do gato

Este é um dos piores mitos, pois ilude os donos com a promessa de que seus gatos se tornarão mais resistentes, quando na verdade estarão expostos a uma série de doenças perigosíssimas como a AIDS felina, esporotricose, intoxicações, alergias e parasitas diversos.

  1. Ele precisa de liberdade e ir para a rua é normal

O seu gato realmente precisa de liberdade e da oportunidade de poder explorar diferentes ambientes, mas ele não precisa ir para a rua para ter essas aberturas. Oferecer espaço ao seu amigo dentro de casa, de preferência com algum tipo de contato com a natureza é suficiente.

Veja Também: 07 Doenças Que Podem Levar Seu Gato A Morte Causadas Pelos Donos De Gatos Sem Querer E Como Evitá-las.

  1. Ele vai ficar sedentário e gordo se não passear na rua

Mito. O seu gato pode gastar muitas calorias brincando dentro de casa, mas para isso é preciso que a sua casa seja mais interessante do que os passeios externos. Sendo assim, prepare um espaço de diversão, distração e que desafie o seu amigo, deixando-o sempre satisfeito.

Nós fizemos uma matéria que você pode ler clicando aqui falando sobre as melhores brincadeiras e ela pode te ajudar nesse sentido!

  1. Ficar dentro de casa vai deixá-lo desmotivado

Assim como o sedentarismo, o tédio pode ser resolvido com um ambiente bem planejado para que o bichano se entretenha dentro de casa e não tenha motivos para querer explorar o mundo da porta para fora.

Conteúdo VIP

07 Mitos Sobre Deixar o Gato Ir Para a Rua Ser Bom (Lugar de Gato é Dentro de Casa!)

Insira o seu endereço de e-mail abaixo para receber GRATUITAMENTE dicas exclusivas!>

Fique tranquilo, a gente também ODEIA SPAM! Com a gente, seu e-mail está completamente SEGURO! E só enviaremos informações para manter seu gatinho mais saudável!

  1. Meu gato sai sozinho desde pequeno, não vai mudar de hábito

Mentira. Gatos podem se adaptar a novos ambientes em poucas semanas e passar a ter hábitos caseiros se sua atenção, com ou sem humanos por perto, sempre for acionada por gatilhos simples como boa alimentação, conforto, brinquedos e obstáculos que aticem sua curiosidade.

  1. Não é preciso cuidados especiais se deixar seu gato ir para a rua

Deixá-lo ir para a rua não é uma boa ideia, mas se mesmo assim houver essa possibilidade, é preciso ter cuidados especiais, como a aplicação de remédios preventivos, a castração, uso de coleira e uma rotina muito mais frequente de exames veterinários.

Quer ser um dono responsável e cuidadoso?

Para entender tudo sobre a vida e o comportamento do seu amigo, tenha sempre em mãos o Guia Para um Gato de 14 Vidas, um livro digital com tudo o que você precisa saber para proteger e dar uma vida extraordinária para o seu bichano e de onde tiramos a maioria das informações do site!

1 comentário


  1. Minha casa (térrea) tem um bom quintal. Minha amiga felina nunca sai para a rua, engraçado que eu a adotei já bem adulta, era uma gata de rua, mas depois que ganhou um lar, não faz a mínima questão de fazer passeios. Ela mesma me adotou e adotou o lar, mesmo quando eu mudei de casa, a casa onde estou é a casa dela, ela escolheu assim. Ela vai até o quintal, tem dois horários que são os seus preferidos. Gosta muito de tomar sol. logo cedo e ao final da tarde, quando vou aguar as plantas e ela fica a espera de sua “aguinha de torneira” (bebe um pouco, mas tem seu potinho também, ela ama beber água). Mas a maior parte do tempo circula entre sala, área de serviço (onde fica sua caixa de areia) e quarto (que é mais dela do que meu hoje em dia rs). Se ela gostasse de ficar passeando pela rua, eu tomaria alguma providência, para evitar, porque também não acho que seja bom, acho perigoso. Mas de todo modo, ela não chega nem perto do portão, morre de medo do som dos carros, nem se aproxima, e os muros laterais de casa são muito altos.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *