Como Alimentar Melhor Seu Gato e Ainda Economizar

Tempo de leitura: 6 minutos

Dicas para melhorar a alimentação do seu gato enquanto economiza

E se tivesse uma forma de cuidar da alimentação do seu gato e ainda economizar MUITO? Parece bom demais pra ser verdade? Então essa matéria é pra você!


gato, paixão por gatos, alimentação saudável

Eu não sei você, mas ultimamente eu tenho me alimentado muito mal. Todas essas besteiras à nossa disposição, quem pode resistir? É uma tortura!

Nossos gatos são semelhantes nesse sentido. Se a gente der petiscos e guloseimas o dia inteiro, é capaz de eles não recusarem uma vezinha sequer…

O problema é que com a má alimentação vêm os problemas.. Aí é aquele desespero, marca veterinário, compra remédio, atenção dobrada no comportamento.. Tá se alimentando? Tá usando a caixinha de areia? Você deve saber como é, né?

Uma das coisas que eu mais me preocupo com os gatos é a sua alimentação. Eles dependem de nós pra comer e a gente pode vigiar de perto cada ingrediente (ou deveríamos!).

Mas uma ração pra gatos de qualidade não é muito barato (isso pra não dizer que pode ser bem caro). Mas e se eu te disser que há uma forma de você compra uma ração melhor e ainda ECONOMIZAR? Parece contraditório, mas não é! Acredite.

Alimentação Natural

Quem acompanha o nosso site sabe o quanto a gente acredita em alimentação natural como complemento para uma vida saudável dos nossos gatos, não é?

A alimentação natural, além de mais barata, tem inúmeras vantagens pros nossos bichanos. Ela apresenta a quantidade de proteína e gordura ideal, não leva grãos (dependendo da ração a quantidade é altíssima) que podem agravar e iniciar processos inflamatórios, aumenta o contato entre você e seu gato, justamente por seu cheiro ficar associado à hora de comer, etc.

Eu honestamente poderia passar uma tarde inteira e boa parte de uma noite falando o quão vantajoso é incluir alimentação natural na dieta do seu gato. Mas eu vou fazer melhor..

Eu vou te apresentar a uma Fundação que foi criada especificamente para difundir os benefícios da alimentação natural para os felinos. Aqui: http://feline-nutrition.org/

É uma fundação séria, com veterinários de vários países do mundo e com a missão única de conscientizar a todos sobre a Alimentação Natural! Muito interessante mesmo! Dica: O site é em inglês, mas você consegue ler tranquilamente com o Google tradutor AQUI. 😉

A Economia

Digamos que você compre 1kg uma ração por R$ 20 e que ela dure por 10 dias, mas queira comprar uma ração de melhor qualidade, que custe R$40 por 1kg.

Acrescentando a Alimentação Natural, você dividir meio a meio as refeições. Uma com ração (de boa qualidade) e outra com a própria Alimentação Natural. De cara a gente já percebe que a ração vai durar o dobro do tempo, já que você vai dar só a metade das vezes que costumava dar.

Quando falamos do Alimento Natural, tratamos de carne crua, frango, beterraba, espinafre, abóbora e coisas do gênero, que você compra em pequena quantidade e rendem MUITO!

Agora você vai poder comprar aquela Ração de melhor qualidade e gastar a mesma coisa que antes, porque a ração vai durar o dobro! 1kg da ração melhor (R$ 40) agora vão durar 20 dias, ou seja, você manteve o gasto de R$ 20 por 10 dias e aumentou a qualidade da alimentação. Simples, né?

“Tá bom, Felipe.. Mas você não contabilizou os gastos com os legumes e as carnes!”

Eu sei, mas você vai ver na prática que são coisas que REALMENTE duram muito mesmo! O gasto com elas a longo prazo é mínimo. E, se você armazenar direitinho, seu gato vai ser um alimento sempre fresquinho e pronto pra ser usado em mais uma receita. =)

As Receitas

Com uma busca básica na internet a gente consegue algumas receitas legais e algumas nem tanto. Por isso eu trouxe uma aqui, que eu tirei do Guia Para Um Gato de 14 Vidas. Eu procurei uma das menos complexas, pra quem vai experimentar a primeira vez e pra matéria não ficar tão longa. ^^

Um aviso sobre a Alimentação Natural.

Ela pode ser crua ou cozida. Qual é o ideal? O ideal é que seja crua mesmo. Mas temos um grande porém…

Para que a gente forneça carne crua é importante que a gente tenha CERTEZA ABSOLUTA da procedência dela, ok? Caso contrário é melhor não arriscar e fornecer a alimentação cozida.

Alimentação Cozida:

Este tipo de alimentação é de fácil agrado para gatos, pois alguns gatos não costumam comer carnes cruas. Além do mais, muitos donos não se sentem confortáveis em oferecer carnes cruas ao seu gato, por conta do alto teor de bactérias.

Não vai requerer congelamento prévio, mas pode ser uma alimentação mais trabalhosa e que pode durar menos, vai requerer a adição de cálcio para suprir as necessidades diárias do seu gato, pois as carnes muito cozidas não são consideradas muito nutritivas.

RECEITA

Meio quilo de abóbora;
Meio quilo de carne moída ou frango desfiado;
Meio quilo de cenoura ou beterraba sem casca;
Molho de espinafre batido no liquidificador;
Duas xícaras de arroz integral (ideal é o integral, mas pode ser o comum, na falta dele).

Misturar tudo em uma panela e cozinhar bem até que tudo fique bem mole e, se puder, passar no processador. Não deve ser congelada, ela dura cerca de 3 dias na geladeira. A quantidade dos ingredientes é só de referência, depende da quantidade de peludinhos que você tiver em casa, tá?

Ah! Alguns gatos que não estão acostumados podem não comer imediatamente por notarem diferença no cheiro e pelo costume de comer ração, é perfeitamente natural.

Se acontecer isso, pule uma refeição e apresente a alimentação natural na próxima refeição (pulando uma) para fazer o teste, ok? ^^

Eu espero que espero que seus gatos gostem da refeição e espero também que tenha gostado da matéria.

Se quiser saber mais sobre o Guia Para Um Gato de 14 Vidas, que foi de onde eu tirei a a receita (e de onde eu tiro 99% das dicas que eu mando pra vocês) pode clicar AQUI.

Photo Credits: Kevin N. Murphy

10 Comentários


  1. Tenho 14 gatos e quero experimentar a ração natural, mas nao tenho base da quantidade. Eles comem bem! Dou ração Premier q deixo a vontade pra eles, almoçam: peito de frango desfiado ou saches pra variar. Pode me ajudar?

    Responder

    1. Olá, Cláudia. Tudo bom? Obrigado por separar um tempo para escrever pra nós. =)

      Olha, antes de mais nada, deixa a ração à vontade pode não ser uma ideia tão boa, viu? Tem uma explicação técnica (e meio comprida) pra isso, mas o resumo é o seguinte: na ração faltam algumas substâncias que existem na Alimentação Natural (na carne, por exemplo). Essas substâncias mandam um sinal pro cérebro dizendo: “Hey! Chega de comer. Já tem o suficiente pra se manter por enquanto”. Resultado? Quando comem ração, nossos peludos literalmente não sabem a hora de parar!

      Isso pode trazer inúmeros problemas… Desde a obesidade até insuficiência renal crônica (dependendo da ração), passando por diabetes felina.

      Pelo seu interesse na Alimentação Natural eu vou fazer uma coisa que não costumo fazer MESMO. Manda um e-mail pra nossa equipe em sitepaixaoporgatos@gmail.com com o assunto “Quero meu Guia de Introdução”. Vou liberar pra eles te enviarem Grátis um dos nossos livros que vai no pacote do Guia Para Um Gato de 14 Vidas!

      Esse livro é incrível pra quem quer aprender sobre Alimentação Natural. Linguagem bem simples e vai direto ao ponto, sem enrolação!

      Como sempre, precisando de qualquer coisa é só chamar, tá?

      Responder


  2. Olá, boa tarde!

    Só tenho uma gatinha. Queria saber se na hora de colocar a alimentação natural, eu tenho que misturar com a ração para não acontecer o que acontece quando há trocas de marcas de ração? Outra coisa, posso mudar a carne moída por pedaços de filé ou contra-filé? Porque é muito difícil eu comprar carne moída, principalmente por não saber a procedência da mesma. Obrigada e desde que descobri esse site, fico procurando mais e mais coisas para cuidar bem da minha filhinha.

    Responder

    1. Olá, Victória. Olha, essa é uma excelente pergunta! A bem da verdade, não é sempre que a troca de rações vai causar reações como diarreia. Mas por que arriscar, não é mesmo? Com a alimentação natural a recomendação é a mesma, mas por um motivo diferente. O alimento natural (se for preparado corretamente como ensinamos aqui no site e no nosso Guia) só vai trazer benefícios, mas ele deve ser inserido gradualmente até para os gatos acostumarem com o paladar e diminuir as chances de rejeição.

      A carne pode ser a sua preferida, mas sempre com atenção com os fornecedores, ok? Como você disse, a procedência é muito importante! Eu fico muito feliz quando vejo o retorno de vocês e o carinho com o nosso projeto, de verdade mesmo! Obrigado.

      Ah! Não se esqueça de se inscrever no nosso canal no YouTube AQUI, ok? Lá ta repleto de dicas rapidinhas, com menos de 2 minutos e que vão mudar a vida do seu peludo! https://www.youtube.com/channel/UCP0EF6-vhJWXjaTwliHkDEQ

      Abraços, Felipe.

      Responder





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *